ache aqui

google.com, pub-0465069744057450, DIRECT, f08c47fec0942fa0
Mostrando postagens com marcador Câncer de pulmão pode ser tratado. Mostrar todas as postagens
Mostrando postagens com marcador Câncer de pulmão pode ser tratado. Mostrar todas as postagens

sábado, 13 de janeiro de 2018

VACINA FEBRE AMARELA PREÇO: Onde Tomar? - Guia do Preço

A vacina febre amarela preço vem sendo muito procurada, principalmente depois que aumentou a incidência desse problema em vários estados brasileiros. Aqui você consulta informações sobre a vacina febre amarela preço, caso tenha interesse em adquirir, saiba onde a compra pode ser realizada.
Vacina Febre Amarela Preço
A febre amarela é uma doença transmitida por mosquitos e ela atinge pessoas que não são vacinadas, principalmente aquelas que vivem em áreas de mata. As áreas de mata são as principais porque elas permitem o desenvolvimento do mosquito, o que agrava a incidência do problema.

Para que Serve a Vacina Febre Amarela?

Nos últimos meses, o Brasil registrou novos casos de febre amarela em vários estados e isso vem preocupando muito a população. Tanto é que o governo já iniciou o reforço da vacina nas principais áreas afetadas, mas muitas pessoas estão atrás da compra da mesma.
A vacina febre amarela serve para evitar que o corpo adoeça quando o mosquito contaminado entrar em contato com o nosso organismo. Para quem não é vacinado, vale a pena fazer esse essa aplicação, porque é uma forma de cuidar ainda mais da saúde e evitar problemas sérios.
Duração da Vacina Febre Amarela
Além de evitar esse problema, a vacina ainda tem outro benefício que é a durabilidade prolongada. Veja quanto tempo essa vacina age no organismo:
  • Duração da vacina febre amarela: 10 anos.
Dessa forma, quem já tomou a vacina pode estar fazendo o reforço, caso o prazo já tenha ultrapassado a validade de 10 anos. O Ministério da Saúde recomenda o reforço, portanto, caso você esteja dentro dessa quantidade de pessoas que necessita fazer, procure não demorar.

Vacina Febre Amarela Preço

O preço vacina febre amarela é uma informação que vem sido muito procurada nos últimos meses, por que várias pessoas querem fazer a aplicação, mas não querem aguardar a liberação gratuita pelo governo, o que pode não ter prazo determinado para ocorrer.
A aplicação gratuita da vacina está ocorrendo nas principais áreas contaminadas e com maior incidência de casos, mas o governo pretende levar a vacinação para outras partes do país. Se você não quer aguardar a liberação, saiba que é possível encontrar de forma paga e abaixo deixamos o valor médio cobrado:
  • Preço da vacina febre amarela: entre R$130 a R$220 – dose única.

Antes de fazer a aplicação, não deixe de entrar em contato com os postos médicos particulares e farmácias que são, normalmente, os locais mais indicados e autorizados para fazer a aplicação da vacina, e procure obter informações relacionadas ao preço para que você possa fazer um comparativo.
O valor vacina febre amarela pode variar de empresa para empresa, portanto, faça a sua pesquisa de preços antes de efetuar a compra da mesma.

Onde tomar a Vacina Febre Amarela?

Muitas pessoas também possuem dúvidas sobre onde tomar a vacina febre amarela, afinal de contas, os postos públicos de saúde não são autorizados a fazer a venda da mesma, mesmo por que seria ilegal.
Dessa forma, é necessário saber onde adquirir a sua de forma paga e abaixo deixamos algumas sugestões:
  • Clínicas particulares de saúde;
  • Laboratórios de saúde;
  • Farmácias.
vacina febre amarela preço

na central do Delboni, também em São Paulo, a atendente informou não ter vacina para a febre amarela. "Não temos mais estoque para essa vacina. Estamos aguardando informações". O último preço da vacina, informou a funcionária, estava em R$ 181 e o imunizante é aplicado mediante agendamento ----------------------------------------------- google.com, pub-0465069744057450, DIRECT, f08c47fec0942fa0 -----------------------------------------------------------------------------------------

quinta-feira, 11 de janeiro de 2018

Plastica com silicone de graça pelo SUS

Cirurgia de gigantomastia gratuita pelo SUS. É o nome dado para o caso de mulheres que têm os seios muito grandes, também conhecida como cirurgia de redução da mama. A cirurgia de redução evita problemas na coluna por causa do excesso de peso dos seios

Quais cirurgias plásticas são feitas pelo SUS?

As cirurgias plásticas reparadoras cobertas pelo SUS (Sistema Único de Saúde) são feitas em: hospitais-escola, hospitais públicos e hospitais universitários de forma gratuita. Os casos mais frequentes são:
  • Reconstrução mamária após remoção do seio com câncer, que é obrigatório ao SUS pela lei federal nº 10.223 (15/05/2001);
  • Fenda palatina. Este é um problema genético que causa uma deformação na região da boca e no nariz da pessoa;
  • Crianças com lábio leporino. Essa condição parece com o da fenda palatina e pode atingir até os dentes e a gengiva;
  • Queimaduras que levaram a deformações;
  • Redução de estômago (bariátrica);
  • Abdominoplastia para remoção de excesso de pele após cirurgia do estômago;
  • Mudança de sexo. Essa é feita em mulheres que não se identificam com o corpo que têm, modificando os órgãos genitais e os seios;
  • Laqueadura e vasectomia;
  • Orelhas de abano;
  • Catarata;
  • Hiperhidrose (suor excessivo)
  • Gigantomastia. Também conhecida como cirurgia de redução da mama, para o caso de mulheres que têm os seios muito grandes
  • Deficiência ou deformidades no rosto.
É importante verificar se o Estado ou município que você mora tem uma legislação específica que fale sobre esse assunto, para saber que tipo de cirurgia plástica os hospitais cobrem ou não. No Rio de Janeiro e em São Paulo, por exemplo, mulheres que ficaram com sequelas físicas decorrentes de ataques sexuais também podem fazer cirurgias plásticas reparadoras pelo SUS.

Posso fazer uma cirurgia plástica estética pelo SUS?

Sim. Apesar de a lei só falar de cirurgias plásticas reparadoras e funcionais, cada instituição é responsável por analisar cada caso e aprovar ou não. Então, se os profissionais de um hospital avaliarem um pedido de cirurgia plástica estética e acreditarem que seja algo necessário para que a vida do paciente retome a normalidade, e não apenas por vaidade, a cirurgia plástica estética pode ser aprovada sim.

Como conseguir fazer uma cirurgia plástica pelo SUS?

Se você tem algum problema que citamos anteriormente e precisa fazer uma das cirurgias plásticas para ter mais qualidade de vida, aumentar a sua autoestima e a sua vida voltar ao normal, precisa procurar um posto de saúde perto da sua casa e marcar uma consulta para pedir uma avaliação do seu caso. O médico vai te examinar e pode até te encaminhar para um psicólogo ou assistente social antes de tomar uma decisão. Caso você se encaixe nos requisitos, ele te encaminhará para a fila de espera do SUS.
Se o hospital da sua cidade ou município não fizer o tipo de cirurgia que você precisa, mas você tiver o direito de fazer, você deve pedir um encaminhamento para o hospital público da cidade mais próxima que faça esse procedimento.

Quem pode fazer uma cirurgia plástica pelo SUS?

O Sistema Único de Saúde (SUS) prioriza:
  • os casos de nascença
  • casos que a pessoa corre risco de morte
  • casos de doença mais grave
  • e mulheres que passaram pelo câncer de mama.
A preferência é de pessoas que não tenham condições financeiras para fazer esse procedimento em clínicas particulares.

Que documentos preciso apresentar?

A documentação exigida para fazer uma cirurgia plástica pelo SUS pode variar de acordo com o local. Geralmente é exigido o documento de identidade, o cartão do SUS e o encaminhamento médico.

Quanto custa uma cirurgia plástica pelo SUS?

Para fazer uma cirurgia plástica pelo SUS você não precisa pagar nada. A cirurgia é sem custo nenhum pro paciente. Por conta disso, a fila de espera costuma ser grande e dependendo do seu caso, pode demorar bastante para agendar a cirurgia, mas vale a pena.
Talvez você também se interesse por nossos textos sobre:
Gostou das nossas dicas e informações? Deixe seu comentário!
----------------------------------------------- google.com, pub-0465069744057450, DIRECT, f08c47fec0942fa0 -----------------------------------------------------------------------------------------

Plastica com silicone nas mamas pelo SUS





 Plastica com silicone nas mamas pelo SUS










$00.00
Descriptions…
google.com, pub-0465069744057450, DIRECT, f08c47fec0942fa0

quarta-feira, 10 de janeiro de 2018

Topiramato emagrece mito ou verdade?

Topiramato emagrece mito ou verdade? Como tomar (topamax), Bula, melhor preço e efeitos colaterais

 

Topiramato emagrece porque ele é um medicamento que combate o transtorno compulsivo por comida. Conheça mais sobre a sua atuação em seu corpo, indicações, preços, efeitos colaterais e a bula.

O medicamento Topiramato é um meio pelo qual você pode perder peso rapidamente sem muito esforço. A sua principal função é ser eficaz no tratamento de enxaqueca e epilepsia. Por esse motivo, deve ser moderadamente ingerido e usado de forma correta.
Remédio para emagrecer Topiramato
Topiramato Emagrece
Como ele funciona afetando vários processos químicos no cérebro, ele tende a ser eficiente para controlar a sua ansiedade e vontade de comer toda hora. Por essa razão, muitos especialistas na área de emagrecimento recomendam o seu uso, então por esse motivo, Topiramato Emagrece.

Topiramato Emagrecer de verdade?

Assim, se você realmente deseja emagrecer satisfatoriamente, então, ele pode ser um auxílio nesse processo. É importante salientar que você deve continuar com a sua dieta e a prática de exercícios a fim de que o resultado seja exitoso.
Conheça mais sobre topiramato como a sua bula, indicações e contra indicações, efeitos colaterais e seu preço.

Topiramato Bula

Se você decidir começar o seu processo de emagrecimento com o topiramato, então diga algumas recomendações quanto ao bom uso. Abaixo Quero Dieta listou o que você deve se atentar e seguir:
  • Você não deve engolir inteiro o comprimido de topiramato. Também não deverá esmagar e nem mastigar, pois ele deixa um sabor amargo na boca
  • Uma vez que você começar a tomar esse medicamento, não pare por conta própria ou de repente. Se você parar de tomar o topiramato é possível que aumente o risco de convulsões. Se necessitar parar de tomá-lo, o seu médico diminuirá gradualmente a sua dose.
  • Se você falhar uma dose de topiramato, tome-o mais rapidamente possível. Se estiver dentro de 6 horas da dose seguinte, pule a dose esquecida e volte ao seu esquema de dosagem regular. Não tome 2 doses de uma só vez. Fale com o seu médico se perder mais de 1 dose de topiramato.
  • Tome topiramato por via oral, com ou sem alimentos.
  • Beba bastante líquido enquanto estiver tomando topiramato. Faça isso, pois pode ajudar a prevenir a formação de cálculos renais. Consulte o seu médico para obter mais instruções.
  • Não beba álcool enquanto tomar topiramato.

Topiramato Indicações e contra indicações

O Topiramato emagrece devido o efeito de controlar a vontade excessiva de comer. No entanto, ele pode não servir para você por conta de apresentar alguns probleminhas. Sendo assim, se você é alérgico a qualquer ingrediente de topiramato, então, não tome.
Outro aspecto importante que faz com que seja contra indicado para você é se tem níveis elevados de ácido no sangue (acidose metabólica) e se está tomando um medicamento contendo metformina.
Antes de você tomar esse remédio para emagrecer verifique com o seu médico se está apta para seguir o tratamento com topiramato.

Topiramato Efeitos Colaterais

Todos os medicamentos que tem o objetivo de emagrecer podem causar efeitos colaterais. No entanto, algumas pessoas sentem mais que outras e muitas nem sequer sofrem de alguma dor ou incômodo.
Sendo assim, verifique com o seu médico se alguns destes efeitos colaterais mais comuns persistem ou se tornam inconvenientes. Caso sinta algum deles, fale com o seu médico imediatamente:
  • Constipação
  • Diarreia
  • Tontura, sonolência, boca seca, rubor, dor de cabeça
  • Perda de apetite, náusea
  • Nervosidade, dor de estômago
  • Sintomas de infecção do trato respiratório superior (por exemplo, tosse, dor de garganta leve, corrimento ou nariz entupido, espirros)
  • Alterações do paladar, cansaço
  • Dificuldade para dormir, fraqueza e perda de peso.

Topiramato Preço

Topiramato
Topiramato Preço

Topiramato Emagrecer, Menor Preço!

Você poderá encontrar topiramato preço a mais ou menos R$ 65,00 (sessenta e cinco reais) nas farmácias pela internet. Em geral, o topiramato deve ser tomado duas vezes ao dia.
Contudo, seu médico poderá recomendar que você tome o medicamento uma vez ao dia, ou em doses maiores ou menores. Quem irá definir a quantidade exata é o seu médico, por isso, siga a sua orientação adequadamente.
Pesquise na internet sobre preço de Topiramato, mas tenha cuidado ao fazer a compra, pois existe muitos falsificadores na internet.
Caso você queira deixar um comentário abaixo, falando sobre se o Topiramato Emagrece, fique à vontade!
Curta a nossa fanpage Emagreça Rápido e acompanhe as nossas novidades do mundo do emagrecimento.

https://querodieta.com/remedio-para-emagrecer/topiramato-emagrece/ ----------------------------------------------- google.com, pub-0465069744057450, DIRECT, f08c47fec0942fa0 -----------------------------------------------------------------------------------------

Emagrecer com orlistat ( minha experiência)







Emagrecer com orlistat ( minha experiência)




-----------------------------------------------

google.com, pub-0465069744057450, DIRECT, f08c47fec0942fa0


-----------------------------------------------------------------------------------------


domingo, 7 de janeiro de 2018

Febre amarela: sintomas, transmissão e prevenção


Febre amarela: sintomas, transmissão e prevenção

----------------------------------------------- -----------------------------------------------------------------------------------------
Sintomas
A febre amarela é uma doença infecciosa grave, causada por vírus e transmitida por vetores. Geralmente, quem contrai este vírus não chega a apresentar sintomas ou os mesmos são muito fracos. As primeiras manifestações da doença são repentinas: febre alta, calafrios, cansaço, dor de cabeça, dor muscular, náuseas e vômitos por cerca de três dias. A forma mais grave da doença é rara e costuma aparecer após um breve período de bem-estar (até dois dias), quando podem ocorrer insuficiências hepática e renal, icterícia (olhos e pele amarelados), manifestações hemorrágicas e cansaço intenso. A maioria dos infectados se recupera bem e adquire imunização permanente contra a febre amarela.

Transmissão
A febre amarela ocorre nas Américas do Sul e Central, além de em alguns países da África e é transmitida por mosquitos em áreas urbanas ou silvestres. Sua manifestação é idêntica em ambos os casos de transmissão, pois o vírus e a evolução clínica são os mesmos — a diferença está apenas nos transmissores. No ciclo silvestre, em áreas florestais, o vetor da febre amarela é principalmente o mosquito Haemagogus. Já no meio urbano, a transmissão se dá através do mosquito Aedes aegypti (o mesmo da dengue). A infecção acontece quando uma pessoa que nunca tenha contraído a febre amarela ou tomado a vacina contra ela circula em áreas florestais e é picada por um mosquito infectado. Ao contrair a doença, a pessoa pode se tornar fonte de infecção para o Aedes aegypti no meio urbano. Além do homem, a infecção pelo vírus também pode acometer outros vertebrados. Os macacos podem desenvolver a febre amarela silvestre de forma inaparente, mas ter a quantidade de vírus suficiente para infectar mosquitos. Uma pessoa não transmite a doença diretamente para outra.

Prevenção
Como a transmissão urbana da febre amarela só é possível através da picada de mosquitos Aedes aegypti, a prevenção da doença deve ser feita evitando sua disseminação. Os mosquitos criam-se na água e proliferam-se dentro dos domicílios e suas adjacências. Qualquer recipiente como caixas d'água, latas e pneus contendo água limpa são ambientes ideais para que a fêmea do mosquito ponha seus ovos, de onde nascerão larvas que, após desenvolverem-se na água, se tornarão novos mosquitos. Portanto, deve-se evitar o acúmulo de água parada em recipientes destampados. Para eliminar o mosquito adulto, em caso de epidemia de dengue ou febre amarela, deve-se fazer a aplicação de inseticida através do "fumacê”. Além disso, devem ser tomadas medidas de proteção individual, como a vacinação contra a febre amarela, especialmente para aqueles que moram ou vão viajar para áreas com indícios da doença. Outras medidas preventivas são o uso de repelente de insetos, mosquiteiros e roupas que cubram todo o corpo.


febre-amarela-info

sexta-feira, 5 de janeiro de 2018

Jejum Intermitente! 12h 14h 16h 18h ...







Entenda como o Jejum Intermitente é natural e pode ser feito por
qualquer pessoa desde que seja acompanhada por um médico ou profissional
de saúde apto. Pacientes diabéticos devem ter muito cuidado antes de
iniciar qualquer modificação em sua dieta!

Quer recuperar sua saúde de uma vez por todas?
Clique aqui e descubra como AGORA!




-----------------------------------------------



-----------------------------------------------------------------------------------------


como fazer jejum intermitente de 12h


De 8 a 12 horas sem comer. Conheça o “jejum intermitente”

Você conhece a regra de comer a cada três horas, certo? Uma “nova” dieta, chamada jejum intermitente, questiona essa prática e diz que o ideal é ficar de 8 a 12 horas sem comer
----------------------------------------------- -----------------------------------------------------------------------------------------É cíclico. Volta e meia aparecem dietas que prometem fazer a diferença para quem quer perder uns quilinhos. Na onda do momento, está o “jejum intermitente”, que questiona o hábito já consolidado pelos nutricionistas de que é preciso comer alimentos saudáveis em um intervalo de três em três horas. A dieta que vem fazendo sucesso no momento, adotada inclusive por celebridades como Deborah Secco e Gabriela Pugliese, indica ficar de oito a 12 horas sem ingerir alimentos. Mas quais os riscos e vantagens dessa prática?
O que é o jejum intermitente?
O jejum intermitente é uma manobra nutricional de desistência/privação calórica que preconiza a realização de refeições com grande intervalo de duração. Algumas pessoas conhecem como “dias alternados de jejum” ou “jejum periódico de rotina”. Existem basicamente 3 modelos de jejum intermitente que já foram estudados pela literatura: Alternate Day Fasting (ADF): jejum a cada dois dias e consumo alimentar à vontade  entre os dias de jejum; jejum duas vezes por semana em dias não consecutivos e ingestão alimentar a cada 12 horas.
Como o jejum atua no organismo de uma pessoa?
O jejum é um estado catabólico. Ou seja, uma condição de baixa disponibilidade de energia. Consequentemente, é inevitável que ocorra perda de massa muscular, o que não é benéfico.
A cultura ocidental recomenda a alimentação a cada 3 horas. O que você acha disso?Alimentar-se de 3 em 3 horas não é uma regra. É uma das formas que conhecemos de organizarmos nossa rotina alimentar. Dieta eficaz é aquela que a pessoa consegue realizar, que está próxima da realidade dela e que atende sua rotina de atividades. Para a maioria das pessoas, alimentar-se de 3 em 3 horas é


De 8 a 12 horas sem comer. Conheça o “jejum intermitente”

Você conhece a regra de comer a cada três horas, certo? Uma “nova” dieta, chamada jejum intermitente, questiona essa prática e diz que o ideal é ficar de 8 a 12 horas sem comer
Comer à vontade, em dias alternados, ou ficar longos períodos sem comer é a indicação do "jejum intermitente", mas há riscos. Foto: Bigstock
É cíclico. Volta e meia aparecem dietas que prometem fazer a diferença para quem quer perder uns quilinhos. Na onda do momento, está o “jejum intermitente”, que questiona o hábito já consolidado pelos nutricionistas de que é preciso comer alimentos saudáveis em um intervalo de três em três horas. A dieta que vem fazendo sucesso no momento, adotada inclusive por celebridades como Deborah Secco e Gabriela Pugliese, indica ficar de oito a 12 horas sem ingerir alimentos. Mas quais os riscos e vantagens dessa prática?
Assine a Gazeta do povo e tenha acesso ilimitado aos nossos conteúdos exclusivos Viver Bem. O Viver Bem conversou com o nutricionista esportivo Humberto Nicastro, que explicou como funciona essa dieta. Especialista em Nutrição Ortomolecular com ênfase em Nutrigenômica, o médico é autor de diversos artigos científicos internacionais e nacionais na área de nutrição esportiva com foco em alimentação e suplementação aplicadas ao exercício e respectivos efeitos terapêuticos. Confira a entrevista:
O que é o jejum intermitente?
O jejum intermitente é uma manobra nutricional de desistência/privação calórica que preconiza a realização de refeições com grande intervalo de duração. Algumas pessoas conhecem como “dias alternados de jejum” ou “jejum periódico de rotina”. Existem basicamente 3 modelos de jejum intermitente que já foram estudados pela literatura: Alternate Day Fasting (ADF): jejum a cada dois dias e consumo alimentar à vontade  entre os dias de jejum; jejum duas vezes por semana em dias não consecutivos e ingestão alimentar a cada 12 horas.


Como o jejum atua no organismo de uma pessoa?
O jejum é um estado catabólico. Ou seja, uma condição de baixa disponibilidade de energia. Consequentemente, é inevitável que ocorra perda de massa muscular, o que não é benéfico.
A cultura ocidental recomenda a alimentação a cada 3 horas. O que você acha disso?Alimentar-se de 3 em 3 horas não é uma regra. É uma das formas que conhecemos de organizarmos nossa rotina alimentar. Dieta eficaz é aquela que a pessoa consegue realizar, que está próxima da realidade dela e que atende sua rotina de atividades. Para a maioria das pessoas, alimentar-se de 3 em 3 horas é confortável e executável. Mas, novamente, não é uma regra.
A atriz Deborah Secco emagreceu sete quilos depois de se submeter ao jejum. Foto: Isabel Garcia/Glamour

Como substituir essa cultura por um jejum de 8 a 12 horas, como recomenda o jejum intermitente?
Primeiramente é necessário ter uma justificativa clínica e biológica para se recomendar o jejum intermitente. Este padrão alimentar foi estudado em pessoas que possuem síndrome metabólica (hipertensão, diabetes, dislipidemias, obesidade). Não há estudos bem controlados demonstrando se é ou não eficaz para, por exemplo, atletas ou pessoas fisicamente ativas. Para recomendar tal conduta, é preciso avaliar a real necessidade de cada paciente e se o mesmo consegue realizar. Ou seja, se é praticável dentro da sua rotina de atividades diárias.
Há benefícios desse tipo de dieta?
Existem benefícios terapêuticos de curto prazo para diabéticos tipo 2, dislipidêmicos, hipertensos e obesos. Os estudos duram de 10 dias a 5 semanas em média. Os resultados mostram uma adequação metabólica para as patologias descritas. Não há estudos realizados em população saudável uma vez que não há justificativa para o mesmo.
E riscos?
O principal risco é a perda de massa muscular e, consequentemente, de força. Além disso, o paciente pode cair em monotonia alimentar e ter problemas sociais. Afinal, comer e beber é um hábito social.
Não há perigo de déficit nutricional durante o jejum?
Se o paciente fizer por conta, sim. Com acompanhamento nutricional, é possível garantir a ingestão de macro e micronutrientes.
Depois de tantas horas em jejum o que é recomendado comer e quantas calorias?
A necessidade calórica é individualizada. O profissional nutricionista estabelece com base na avaliação nutricional e nos cálculos de necessidades individualizadas.
Como a pessoa pode se preparar para esse tipo de dieta?
É necessário se organizar para que, quando for realizar as refeições, que sejam feitas com alimentos e não com snacks. Também é importante estar ciente que a sensação de fome poderá ocorrer de modo intenso. O acompanhamento psicológico pode auxiliar na relação alimento-paciente.
Por quanto tempo é possível manter essa dieta?
Com base nos estudos realizados, o tempo de dieta varia entre 10 dias e 5 semanas. Não é possível afirmar se mais ou menos tempo seria eficaz, pois não temos evidências.
Todas as pessoas podem fazer?
Não. É necessário que haja uma justificativa clínica que justifique a finalidade terapêutica da dieta. Os estudos realizados até o momento comprovam eficácia em pacientes com síndrome metabólica.
É preciso acompanhamento médico durante esse tipo de dieta?
Qualquer conduta nutricional deve ser acompanhada pelo profissional nutricionista. O acompanhamento médico paralelo é necessário para avaliação de outros fatores além da alimentação.

quinta-feira, 4 de janeiro de 2018

vagem do jucá fruto amazônico contra a leishmaniose

fruto amazônico que pode baratear e simplificar o tratamento da leishmaniose

Emulsão é feita a partir da vagem do jucá, já usada por ribeirinhos da região em forma de chá para tratar diversas doenças; em testes com roedores, aumento de feridas caiu de 300% para 25%.

 


m fruto amazônico amplamente utilizado como remédio caseiro pelas populações ribeirinhas da região pode ser a chave para ajudar a baratear e simplificar o tratamento da leishmaniose, doença que provoca ulcerações na pele e que atinge cerca de 3 mil pessoas ao ano no Brasil.
Um grupo de pesquisadores do Instituto Nacional de Pesquisas da Amazônia (Inpa) testa um creme fitoterápico à base do jucá (Libidibia ferrea) como terapia alternativa às dolorosas injeções do tratamento contra a leishmaniose do tipo tegumentar (LT).
Os testes iniciais com o creme, em roedores, foram animadores. Segundo os pesquisadores, os animais tratados com o preparado à base do jucá tiveram 25% de crescimento de lesões relacionadas à doença, em comparação ao aumento de 300% dos animais que não receberam nenhum tratamento.
O estudo, que começou no Laboratório de Leishmaniose e Doenças de Chagas do Inpa, tem o objetivo de desenvolver um medicamento eficaz, de uso tópico e com uma logística de distribuição simplificada para auxiliar os pacientes que moram em áreas de difícil acesso.
A ideia é que o creme feito com a planta possa ser associado à medicação recomendada pelo Ministério da Saúde e usada há mais de 50 anos, o glucantime, para agir como coadjuvante no tratamento da leishmaniose tegumentar.
O jucá, também conhecido como pau-ferro, é um velho conhecido dos ribeirinhos da região amazônica, muito utilizado por eles em forma de chá como remédio caseiro para diversas enfermidades.
Árvore nativa do Brasil, ele está amplamente presente nas regiões Norte e Nordeste. Tem propriedades antissépticas, antienvelhecimento, antioxidantes e antipigmentação. Também é usado como adstringente, antidiarreico, cicatrizante, sedativo, tônico, anti-inflamatório, expectorante e até mesmo afrodisíaco leia mais aqui
----------------------------------------------- -----------------------------------------------------------------------------------------

AMOSTRA GRATISNET: Nota Legal (TROQUE SUA NOTA FISCAL POR MEDICAMENTO...

AMOSTRA GRATISNET: Nota Legal (TROQUE SUA NOTA FISCAL POR MEDICAMENTO...: ----------------------------------------------- --------------------------------- --------------------------------------------...



-------------



-----------------------------------------------



-----------------------------------------------------------------------------------------
O Programa Nota Legal devolve até 30% do
ICMS e do ISS efetivamente recolhido pelo estabelecimento a seus
consumidores. Ele é um incentivo para que os cidadãos que adquirem
mercadorias ou serviços exijam do estabelecimento comercial o documento
fiscal.








Como funciona a Nota Legal do governo?

 O programa Nota Legal é uma iniciativa das Secretaria da Fazenda de
diversos municípios brasileiros, que procura desestimular a sonegação de
impostos de estabelecimentos por meio de um incentivo material aos
consumidores destes locais.

 Além de beneficiar toda a população, na medida em que todas as pessoas
eventualmente consomem algo, é um grande aliado dos cofres públicos, uma
vez que o controle eficaz da arrecadação de empresas com grande volume
de transações diárias é muito complicado.

 

O que é a Nota Legal?


O programa Nota Legal busca estimular os consumidores a solicitarem a
nota fiscal de produtos e serviços que adquirem, recebendo bonificações
de diferentes tipos sobre o ato – beneficiando, portanto, a si mesmo e
aos cofres públicos.


O propósito do programa é acabar com o antigo hábito brasileiro de
permitir que estabelecimentos comerciais realizassem suas vendas sem
fornecer a nota fiscal. Sem oferecer este comprovante, os
estabelecimentos nem sempre acabavam declarando a arrecadação. Isso
gerava um prejuízo significativo para cofres públicos, que deixavam de
arrecadar para reinvestir em infraestrutura.


Pedir a nota fiscal nada mais é do que a execução correta de uma
compra, mas entendeu-se que adotar uma medida punitiva para isso não
seria interessante para a população, que não estava deixando de exigir
as notas com a intenção de ativamente prejudicar as instituições
públicas.


Para remediar a situação, desenvolveu-se a Nota Legal, que é o
programa que oferece descontos tributários, sorteios de prêmios ou
doações signficativas para instituições de caridade sobre todas as notas
que forem exigidas e tiverem o CPF do comprador inserido.



Funciona em todo o Brasil?

Com o nome Nota Legal, o programa funciona em algumas capitais do
país e algumas cidades que já tenham implementado a Nota Fiscal
Eletrônica para Serviços prestados. Como a arrecadação deste fim
específico é convertida para os cofres municipais, cada cidade opta por
realizar ou não algum programa de incentivo.


As regras específicas também dependem daquilo que se estabelece em
cada cidade. No Distrito Federal, por exemplo, a Nota Legal retorna em
uma significativa isenção de impostos para os cidadãos que pediram a
nota fiscal. Em Porto Alegre, por outro lado, há o sorteio regular de
prêmios em dinheiro para os participantes que incluírem seu CPF nas
notas exigidas.


O nome Nota Legal pode sofrer variações de cidade para cidade. No
caso de São Paulo, por exemplo, fala-se da Nota Fiscal Paulistana, que
funciona nos mesmos moldes, e pode ser considerado um programa
semelhante, diferenciando-se apenas a nomenclatura escolhida.



Como participar?



Foto: Agência Brasília/Flickr/CCBY
Como os programas que seguem o modelo da Nota Legal são administrados
municipalmente, é importante que o cidadão informe-se se há e como
funciona o programa de incentivo à arrecadação estimulada de sua cidade.


Se sua cidade já tiver implementado a Nota Fiscal de Serviço
Eletrônica, as chances de haver algum tipo de programa de incentivo ao
estilo Nota Legal são maiores. Se ainda não possuir, informe-se com as
autoridades sobre as intenções de migração para este sistema mais
moderno de arrecadação pública.



E se minha cidade não possuir a Nota Legal?

Mesmo que seu município não tenha nenhum tipo de programa de
incentivo implementado, é importante que você sempre exija que o
estabelecimento comercial ofereça a nota de prestação de serviço.


Embora você não concorra a prêmios e descontos, neste caso, você
garante que a cidade arrecade o dinheiro que deve para investir em
educação, saúde e outros itens públicos relacionados à infraestrutura.


Mais do que concorrer a benefícios, exigir a nota fiscal é um exercício de cidadania.





quinta-feira, 28 de dezembro de 2017

calvície? evitar a calvície?


Queda de cabelos: É possível controlar e evitar a calvície?

Você já notou alguma vez que ao passar a mão nos cabelos percebeu que algum deles ficaram entre os dedos? E ao levantar da cama vários fios de cabelo ficaram no travesseiro?
----------------------------------------------- -----------------------------------------------------------------------------------------Você já notou alguma vez que ao passar a mão nos cabelos percebeu que algum deles ficaram entre os dedos? E ao levantar da cama vários fios de cabelo ficaram no travesseiro? E ao tomar banho nota aquele emaranhado de fios no ralo do banheiro?
Se já percebeu algum desses sinais é importante ficar atento, pois pode ser um dos primeiros sinais que a sua saúde não está indo nada bem.
Queda de cabelos: quais são os novos remédios e tratamentos? O médico especialista em tratamentos capilares Dr. Antônio Kleber Fonseca explica porque devemos nos preocupar em manter os cabelos saudáveis e com isso garantir uma boa saúde que evite a calvicie. 
Os médicos frequentemente se deparam com problemas relacionados ao cabelo. A maioria das queixas é proveniente de pacientes com padrão de calvicie de surgimento precoce, uma avaliação detalhada e sistematica é essencial, pois são inúmeros os problemas de saúde que podem ser identificados por meio da queda de cabelos, entre eles: deficiências nutricionais, alterações hormonais, estados inflamatórios, infecções bacterianas, diminuição da imunidade, desequilíbrios emocionais, distúrbios do sangue, processos químicos e período pós- parto.
Portanto, para se pensar em cabelos saudáveis e livre de doenças, deve se lembrar que algumas estruturas estão envolvidas na homeostase capilar. As doenças podem se instalar desde o couro cabeludo até a haste capilar.
Por isso, mantenha os seus cabelos sempre limpos – A limpeza do couro cabeludo deve ser considerada como um importante cuidado na prevenção da calvície. Ao deixá-lo sujo por mais tempo, a própria sujeira pode favorecer – ou, até mesmo, agravar – a perda dos fios.
Para o especialista, a combinação mais prescrita e que apresenta melhores resultados une vasodilatadores e antiandrogênicos. “Alguns desses medicamentos possuem raros efeitos colaterais que devem ser bem discutidos entre médico e paciente. Outros tratamentos estão sendo muito discutidos e se mostrando promissores, como o microagulhamento, aplicação local de determinados medicamentos injetáveis e uso de LED”, pontuou. Ressaltando ainda que os estudos se estendem para as terapias com células tronco, porém não há nada definido cientificamente nesse aspecto. Ressalta-se que uma outra alternativa é o transplante capilar em casos avançados de calvície.http://www.onortao.com.br/noticias/queda-de-cabelos-e-possivel-controlar-e-evitar-a-calvicie,109673.php

Saúde é Vital - Medicina, Nutrição, Alimentação, Coração, Diabetes .


----------------------------------------------- -----------------------------------------------------------------------------------------

ARQUIVO DO BLOG

reabilitação,quimica,engravida,criança,emagrecer,obsidade

---------------------------------- ----------------------------------------------- -----------------------------------------------------------------------------------------

emagrecer,dieta,abnoplastia,

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Postagens mais visitadas

Total de visualizações de página

Minha lista de blogs

a cura

As receitas e dicas aqui dispostas são uma orientação, prática e fácil, àqueles que desejam utilizar de plantas e ervas que estão a disposição de todos. Portanto, o conteúdo que aparece no Receita Natural NÃO oferece uma alternativa segura contra doenças, são apenas de caráter informativo ou complementar. Sempre procure um médico ou especialista para um diagnóstico preciso e um tratamento correto para seu caso.