emagrecer,dieta,abnoplastia,

reabilitação,quimica,engravida,criança,emagrecer,obsidade

Mostrando postagens com marcador Banho de assento. Mostrar todas as postagens
Mostrando postagens com marcador Banho de assento. Mostrar todas as postagens

terça-feira, 16 de maio de 2017

Tratamento para engravidar gratuito Fertilização In Vitro


As técnicas de reprodução estão cada vez mais seguras e as clínicas e hospitais oferecem diversas opções de tratamentos para o sonho da maternidade

Resultado de imagem para Tratamento para engravidar gratuito
Procurando um tratamento para engravidar gratuito? Conheça os principais órgão públicos que disponibilizam tratamentos gratuitos para fertilização.
Síndrome do ovário policístico, miomas (tumores benignos), endometriose (quando o tecido interno do útero – o endométrio – se desenvolve fora do seu local) e problemas hormonais são algumas das doenças mais comuns que podem trazer infertilidade para as mulheres. Já para os homens, a baixa produção de espermatozoides, varizes testiculares (Varicocele), medicamentos utilizados em tratamentos de câncer (como quimioterapia) e ainda o uso de anabolizantes podem comprometer a fertilidade masculina.
Para muitos desses problemas, basta o uso de medicamentos, como é o caso do ovário policístico: a maioria dos tratamentos são à base do uso de pílula anticoncepcional – buscando evitar a formação de novos cistos e permitindo uma gravidez naturalmente. Já para outros diagnósticos, em grande parte dos casos, a melhor indicação é a FIV (Fertilização In Vitro).

Tratamento para engravidar gratuito

Fertilização In Vitro
Para o processo de fertilização in vitro é necessário retirar os óvulos da mulher, fertilizá-los dentro de um laboratório (FIV), junto com o sêmen do seu companheiro e depois, inserir os embriões gerados para o útero da mulher – procedimento que ocorre entre dois e seis dias depois da fertilização.

Com o avanço da ciência, as técnicas de reprodução estão cada vez mais seguras e as clínicas e hospitais costumam contar com equipes multidisciplinares – que oferecem diversas opções de tratamentos para a concretização deste sonho da maternidade/paternidade.

Embora existam muitas técnicas diferentes para a reprodução assistida, o mais indicado é que o casal opte pelos métodos que apresentem os melhores resultados. Se possível, os mais simples, de baixo custo e com facilidade para várias tentativas de reprodução.


Tratamentos gratuitos para fertilização
Foto: Livescience
 Para os casais que não podem cobrir as despesas dos tratamentos para fertilização, desde 2012, o Ministério da Saúde custeia o tratamento pelo SUS (Sistema Único de Saúde), por meio da portaria 3.149. Mas, dependendo do Estado, a maioria dos hospitais e clínicas credenciadas pelo governo federal para este tratamento tem fila de espera. Além disso, existem algumas regras que precisam ser cumpridas, como idade mínima, renda familiar, histórico de doenças crônicas, realização de cursos e outros critérios médicos que determinam a prioridade no tratamento.
Pensando nisso, alguns grupos particulares, ONGs (Organizações Não Governamentais) e outros projetos sociais buscam reduzir essa fila de espera criando programas de reprodução assistida, parcial ou totalmente gratuitos (alguns cobram os medicamentos). Entre eles, citamos dois dos mais renomados no País: a Associação Instituto Sapientiae  e o Projeto Beta.
Principais órgãos públicos que realizam tratamento para fertilização:

Depressão e Bipolaridade: tratamento gratuito


Depressão e Bipolaridade: tratamento gratuito

jessica chastain chora
A depressão e bipolaridade tem tratamento gratuito no Brasil.
Depois que a Medicina Integrativa foi regulamentada pelo governo brasileiro em 2006,, há vários profissionais da saúde incríveis que atuam no SUS e em Associações usando as Práticas Integrativas no seu atendimento, inclusive de depressão e bipolaridade.
Mas como você faz pra encontrar esse povo? Pesquisando, ué!
Abaixo indico alguns links, mas antes, DEVORE o curto episódio do Ana TV – Saúde da Mente, logo abaixo.
Veja, reveja, faça um resumo em voz baixa mesmo, até você saber de cor e salteado o que é a abordagem da Medicina Integrativa.

E por quê? Trabalhar na sua autoeducação é crucial, porque assim você terá embasamento pra avaliar se um terapeuta, um médico ou um psicólogo é bem qualificado.

Depressão e Bipolaridade: Tratamento Gratuito 

1) Portal Saúde (disque 136 pra falar com a ouvidoria geral do SUS, onde você pode e deve pedir informações.)
2) CAPS – Centro de Atenção Psicossocial (no Brasil todo)
3) Clínica Escola – em faculdades e universidades que oferecem cursos na área de saúde.
4) Pesquise na prefeitura, porque a prefeitura não é só o escritório do prefeito, tá! Lá você se informa sobre o que rola na sua cidade.

pesquise no google
PASSA ESTE POST PRA FRENTE que alguem que você conhece está precisando dele!


sexta-feira, 12 de maio de 2017

Saiba Como Comer Carboidratos Sem Absorver - Dr. Lair Ribeiro



Posologia de Glucobay



O médico deve ajustar a dose ao
paciente, uma vez que a eficácia e a tolerabilidade do produto variam de
indivíduo para indivíduo.

- Terapia adicional em associação com dieta alimentar em pacientes com diabetes melito

Salvo prescrição médica contrária, recomendam-se as seguintes doses:

- Dose:

inicial: 3 x 1 comprimido de 50 mg acarbose/dia

até : 3 x 2 comprimidos de 50 mg acarbose/dia ou 3 x 1 comprimido de 100 mg acarbose/dia

Ocasionalmente poderá ser necessário aumentar a dose para 3 x 200 mg de acarbose/dia.

A dose poderá ser aumentada após 4 a 8 semanas de tratamento e se o
paciente não apresentar resposta clínica adequada. Se ocorrerem reações
desagradáveis a despeito da obediência rigorosa à dieta, a dose não
deverá ser aumentada e, se necessário, deverá ser reduzida. A dose média
é de 300 mg de acarbose/dia (correspondendo a 3 x 2 comprimidos de Glucobay® 50 mg/dia, ou 3 x 1 comprimido de Glucobay® 100 mg/dia).



- Posologia e método de administração para a prevenção de diabetes tipo 2
em pacientes com intolerância à glicose A dose recomendada é a
seguinte:

- Dose

inicial: 1 x 1 comprimido de 50 mg acarbose/dia

aumento p/ 3 x 2 comprimidos de 50 mg acarbose/dia ou 3 x 1 comprimido de 100 mg acarbose/dia

A dose recomendada é 3 x 100 mg de acarbose/dia. O tratamento deve ser
iniciado com a dose de 50 mg de acarbose/dia e aumentada
progressivamente até 3 x 100 mg acarbose/dia dentro de 3 meses.

- Idosos (acima de 65 anos) - Não se recomendam alterações de dose ou de
frequência de administração em razão da idade dos pacientes.

- Crianças - Vide “Advertências e Precauções”

- Insuficiência hepática - Não há necessidade de ajuste de dose em pacientes com insuficiência hepática preexistente.

- Insuficiência renal - Vide Contra-Indicações.



terça-feira, 18 de abril de 2017

Low-Carb O que comer? Low carb alimentos permitidos


O caminho mais curto seria falar do que NÃO COMER na alimentação low carb.
Mas para que fique claro a gigante variedade de COMIDA DE VERDADE que temos à disposição e que nos garantem nutrição, emagrecimento e manutenção, vou listar abaixo os alimentos que devem ser consumidos em um estilo low carb de comer:

Low carb alimentos permitidos | Carnes de todos os tipos.

Carne de verdade, in natura.
Tem boas linguiças por aí, mas a maioria a venda contém açúcar e amido na composição.
Salsichas e nuggets não são carne e são cheias de amido.
Evite comprar carnes já temperadas, faça o seu próprio tempero em casa.
Resumindo: Peixes, crustáceos, frango, porco, boi, minhocas. Ok, não precisa comer minhocas, mas você poderia se quisesse. Coma a carne que achar mais gostosa. Bacon inclusive!

 guia completo alimentos permitidos clique aqui
Grilled chicken wings with fresh vegetables. Baked chicken meat with lettuce and tomatoes cherry. Homemade meat on wooden table.
Não é necessário se preocupar com a gordura da carne, coma os seus cortes favoritos na quantidade que quiser.
Leia mais sobre isso nesse artigo onde falo sobre a gordura na alimentação low carb.
Sabia que o consumo de carne na alimentação low carb pode muito bem continuar exatamente o mesmo de antes? Nesse artigo eu explico porque low carb NÃO É a dieta da Proteína.

Low carb alimentos permitidos | Verduras de todos os tipos.

Se você não curte uma saladinha, talvez low carb não seja a melhor estratégia de alimentação para você.
Eu sempre fui maluca por salada e acho que isso é um importante componente de sucesso. E se não curte, faça um esforço. Aquilo que eu sempre falo da força do HÁBITO. Comece com pequenos passos, pequenas mudanças. Põe bastante azeite de oliva e salzinho. Refoga com bacon e creme de leite.
Resumindo: folhas verdes (como alface, rúcula, agrião, escarola, endívia, couve, repolho, espinafre), abobrinha, brócolis, tomate, cebola, alho, pimentão, alcachofra, chuchu, aspargos, palmito, rabanete, pepino, berinjela, quiabo, vagem, couve-flor.
Grilled skewers of chicken and vegetables. Shallow DOF
Uma observação especial sobre batata, cenoura, beterraba e mandioca: esses caras são deliciosos mas são lotados de carboidratos.
Se precisar emagrecer, abra mão deles até chegar ao seu peso ideal, e depois vá inserindo aos poucos, vendo como seu peso reage.

guia completo alimentos permitidos clique aqui


Dicas Para Ter Sucesso Na Low-Carb


Doença do Refluxo Gastroesofágico II | GASTROENTEROLOGIA





Algumas Doenças sexualmente transmissíveis e Alguns Métodos contraceptivos

Uma video aula sobre doenças sexualmente transmissíveis e alguns metodos
contraceptivos . Doenças apresentadas no video : Herpes Genital ,
Condiloma Acuminado e Linfogranuloma Venéreo . Métodos Contraceptivos :
Diafrágma , laqueadura (ligação de tronco) e Camisinha
feminina/masculina.



HCor Explica: "Doença de Parkinson" - Sintomas

Os sintomas da Doença de Parkinson geralmente surgem só de um lado do
corpo e o paciente se queixa que um lado não acompanha o outro.

Neste
HCor Explica, o Dr. Denis Bichuetti, neurologista do HCor, fala sobre
os quatro principais sintomas da doença e se ela afeta o paladar e o
olfato. Confira:



POR QUE ESTOU COM DOR NO ÂNUS?

DOR NO ÂNUS?



domingo, 16 de abril de 2017

Aroeira Tira Mau hálito, Corrimento Vaginal e sara Feridas rápido�� Erva ...



Em infusão ou decocção, este chá pode ajudar em casos de
doenças como do trato urinário, problemas com os órgãos digestivos,
diarreias entre outras.Benefícios do chá de aroeira


A aroeira mansa é uma árvore de porte pequeno, que tem muitas
propriedades em suas folhas e casca. Sendo usada para diversas
aplicações, seja na forma de chá ou até de banhos e compressas.


Esta não deve ser confundida com as aroeiras brancas ou bravas, que
causam efeitos adversos como a urticária, edemas e eritemas. Também são
espécies de aroeira-mansa: aroeira do campo, almecegueira e lentisco,
rasteira, mole e outras.Historicamente a aroeira foi utilizada pelos jesuítas que, com sua
resina, preparavam o Bálsamo das Missões , famoso no Brasil e no
exterior. A planta inteira é utilizada externamente como antisséptico no
caso de fraturas e feridas expostas.

Imagem da planta

Propriedades terapêuticas

Anti-diarréica, antileucorreica, adstringente, balsâmica,
diurética, emenagoga, purgativa, estomáquica, tônica, vulnerária,
anti-inflamatória, fungicida e bactericida.


Indicações Terapêuticas

Azia, gastrite, febre, cistite, uretrite, diarreia, blenorragia, tosse, bronquite, reumatismo, íngua, dor de dente, gota e ciática. 


As folhas da planta são balsâmicas e frequentemente usadas
para curar feridas, erisipela, infecções cutâneas causadas por
bactérias, entre outras. O chá das folhas é aplicado em compressas
nesses casos. Assim também quando o caso é de doenças reumáticas,
artrite, distensão de tendões, dores ciáticas e gota, sendo aplicadas
massagens ou compressas e banhos bem quentes.



Preparo do chá de aroeira

Uso interno:


Adicionar 100 gramas do pó das cascas de Aroeira em 1 Litro
de água fervente, tomar 3 a 4 colheres de sopa ao dia. Pode-se adoçar
com 01 colher de açúcar ou adoçante ou Fazer a decocção de um litro de
água com 3 ou 4 pedaços (20 ou 30g) da casca de aroeira por 15 minutos
e, depois de frio, deixar na geladeira e beber durante o dia.


Uso externo:


O chá pode ser usado em banhos e lavagens, de preferência
mornos. Para preparar banhos: cozinha-se 1 litro de água com 25g de
cascas da planta e toma-se um banho bem quente por quinze minutos, muito
utilizado em casos de afecções de pele e reumatismo.


Para fins terapêuticos são utilizados as folhas, cascas e sementes da planta



sexta-feira, 26 de agosto de 2016

Cura para o alcoolismo foi descoberta no século 19, mas nunca revelada


O Alcoolismo é considerado pela própria Organização Mundial de Saúde como uma doença com componentes físicos e mentais. Ainda não se sabe quais mecanismos biológicos causam a dependência alcoólica, mas o risco é influenciado pelo ambiente social, stresse, saúde mental, histórico familiar, idade, grupo étnico e gênero, etc.
Vale lembrar que consumir bebidas alcoólicas com moderação não faz mal à saúde. O alcoolismo é o vício em si, um mal antigo no mundo.
Todavia, uma suposta “cura” para o alcoolismo já existia no século 19. Leslie Keeley era um famoso médico dedicado ao tratamento dessa doença, que chefiou o Instituto Keeley e vendia nele o famoso “Keeley’s Gold Cure” (Cura de Ouro de Keeley). O medicamente te livrava do vício do álcool. Os pacientes que buscavam tratamento, recebiam um quarto agradável, eram encorajados e recebiam quatro injeções de bicloreto de ouro por dia.

Drunklabel
A fórmula da substância era secreta, obviamente. Nao existe nenhum composto chamado “bicloreto de ouro”, mas o medicamento funcionava. Toda a comunidade médica queria descobrir qual era o medicamento que Leslie Keeley dava aos seus paciente. Alguns tentaram obter amostras da medicação para estudá-la e copiá-la, o que nem era difícil, já que o médico vendia frascos de uma versão da cura para serem tomados por via oral.
O segredo estava nas injeções. Muitas pessoas entravam no instituto disfarçadas de alcoólatras ou de trabalhadores do recinto para tentar obter amostras. Ainda que alguns deles conseguissem o material para estudos, cada análise produzia resultados diferentes. Alguns cientistas encontraram até mesmo traços de álcool na composição. Alguns encontraram vestígios de extrato de coca, ou estricnina, casca de salgueiro, amônia, aloe vera, etc, mas a maioria encontrou vestígios de sais de ouro.
Ainda assim, ninguém sabia explicar por que ou como a fórmula funcionava.
Alguns cientistas acreditavam que o medicamento era, na verdade, um placebo. Um químico chegou a afirmar que as injeções eram apenas sedativos.
Dr. Keeley nunca revelou o segredo da sua fórmula. Os centros de tratamento Keeley funcionaram até 1965.
Muitos teóricos da conspiração acham que Keeley tinha verdadeiramente encontrado um tratamento eficaz, mas foi suprimido.
A maioria acredita que Keeley tinha uma alta taxa de sucesso porque seus centros davam atenção individual e incentivo para cada uma das pessoas.
Nenhum outra clínica no mundo utilizou o mesmo método, e não se sabe se algum medicamento descoberto pelo dr. Keeley realmente ajudava os alcoólatras a saírem do vício. O fato é que muitas pessoas foram curadas do alcoolismo pelo método Keeley, sendo ele placebo ou não.
keeley

Mais Medicamentos

Embora não sejam necessários para o tratamento do alcoolismo, muitos remédios podem ser prescritos para auxiliar no tratamento da doença, como o dissulfiram, a naltrexona, o acamprosato (também conhecido como Campral), o oxibato de sódio e o baclofeno.
! ajude com uma doaçao dados para deposito banco do brasil agencia 06432 conta 263508

quarta-feira, 10 de agosto de 2016

Cana-de-macaco



A planta herbácea de origem brasileira, Cana-de-macaco (Costus spicatus Sw., Costaceae), aparece mais nas regiões brejeiras e tem várias propriedades benéficas para a saúde
das pessoas. Antigamente os caboclos a usavam para dores, edemas e
contusões. Ela é conhecida também como cana-do-brejo, cana-branca,
cana-do-mato, caatinga, pacová, etc. Possui haste ereta, com até 2
metros de altura e de coloração verde-clara, suas folhas são
espiraladas, invaginantes e possui flores com cores diversas, em espiga
terminal. Na medicina natural, as partes da cana-de-macaco utilizadas
são o colmo e as folhas.

As partes aéreas da planta são ricas em flavonoides glicosilados (por ex. tamarixetina  3-O-neo-hesperidosídeo, canferídio  3-O-neo-hesperidosídeo e quercetina 3-O-neo-hesperidosídeo).
Outras substâncias encontradas na cana-de-macaco incluem:, ácidos
orgânicos, compostos fenólicos,  mucilagens, pectina, óleo essencial,
resinas, sapogeninas, saponinas, β-sitosterol,
substâncias albuminoides e taninos. Seu cultivo deve ser feito em solos
úmidos e ricos em material orgânico.

Na medicina popular, a cana-de-macaco é indicada como:

  • Anti-inflamatória dos rins e da bexiga
  • Anti-diabética
  • Anti-reumática
  • Calmante das excitações nervosas e do coração
  • Depurativa
  • Aperitiva
  • Diurética
  • Tônica
  • Resolve alguns casos de tumores
  • Etc.
A cana-de-macaco é indicada popularmente para diversas doenças e
condições, tais como: Amenorréia, arteriosclerose, problemas na bexiga,
blenorragia, calculo renal, cancro, cistite, corrimentos gonocócicos, distúrbio menstrual, dor nas costas, dor reumática, dores e dificuldade para urinar, gonorreia, hérnia, hidropisia, inchaço, inflamações, insuficiência cardíaca, leucorréia, nefrite, reumatismo, rins, sífilis, uretrite e ulceras.

terça-feira, 22 de março de 2016

alimentos funcionais para o combate da celulite

Foto de Nutricionista Barbara Pott - Nutrição Funcional e Esportiva.

 alguns alimentos funcionais para o combate da celulite.
1. Abacate: estimula o hormônio do crescimento (GH) o qual vai melhorar a flacidez, deixando a pele mais firme. Para os praticantes de atividade física ajuda no ganho de massa muscular.
2. Frutas vermelhas (amora, morango, mirtilo, framboesa): fonte de ácido elágico que tem efeito antioxidante e ajudará no combate dos radicais livres. Combatendo os radicais livres, diminuímos os danos nos tecidos que causam a celulite.
3. Pimenta: rica em capsaicina, que além de ter ação antioxidante, é descongestionante e termogênica, auxiliando na perca de gordura localizada.
4. Gengibre: altamente anti-inflamatório e termogênico, ajudando a eliminar o excesso de gordura no tecido.
5. Atum: rico em ômega 3, ajuda a reduzir a inflamação no local. Devido ao teor proteico de alto valor biológico, auxilia também na manutenção da massa muscular, novamente, reduzindo a flacidez.
Aposte em alimentos funcionais! E não são apenas 5 que combatem a celulite, temos outros alimentos capazes de melhorar ela como romã, repolho, uva rubi... Outro detalhe importante, não adianta incluir estes alimentos e continuar comendo doces, preparações com farinhas refinadas, frituras e ser sedentário.
Torne sua alimentação mais equilibrada, comendo apenas alimentos de verdade, que venham da natureza e não PRODUTOS que imitam o alimento, que a indústria inventa com vários aditivos químicos e muito açúcar que só detonam nossa saúde, nossa pele, causam várias outras desordens estéticas (além da celulite) e fazem uma bagunça nos nossos hormônios.
Um abençoado feriado!!! Aproveitem para cuidar da saúde e da alimentação nesses dias de menos correria! Ame-se!!!! Viva mais!!!!

! ajude com uma doaçao dados para deposito banco do brasil agencia 06432 conta 263508

agua quente X gelada


! ajude com uma doaçao dados para deposito banco do brasil agencia 06432 conta 263508

segunda-feira, 29 de fevereiro de 2016

Curas Naturais Secretas





Encontrei este vídeo no Youtube, dividido em sete partes, fiz o
download, juntei tudo em uma única parte, assim fica mais fácil para
qualquer pessoa assistir, espero que gostem e que realmente o conteudo
deste vídeo possa funcionar para quem precise. ! ajude com uma doaçao dados para deposito banco do brasil agencia 06432 conta 263508

MUTAMBA PLANTA TROPICAL NO BRASIL,CURA CONTRA O VIRUS HIV-AIDS MAIS DE 100 CASOS DE PACIENTES COM SUCESSO INOCULADAS


UMA CURA E ENCONTRADA CONTRA O VIRUS HIV-AIDS COM UMA PLANTA TROPICAL NO BRASIL CHAMADA MUTAMBA

CIENTÍFICO ENCONTRA A CURA CONTRA O VIRUS HIV-AIDS COM UMA PLANTA TROPICAL NO BRASIL, COM MAIS DE 100 CASOS DE PACIENTES COM SUCESSO INOCULADAS
Por fim, a cura deve ser disseminada para a população infectada globalmente.
Documento Importância: Muito Alto.
Grau de sensibilidade: Muito sensível.
Tipo de documento: Scientific.
Por: CENIC SAÚDE Div.
(fonte Científico: Dr. Paulo Antônio Rodrigues Gouveia)
Araguaina-BRASIL.-AGPROG (05-09-2014).- Um equipe de investigação na cidade Institute Brasil Presidente Antonio Carlos Tocantinense (ITPAC) Araguaína, na cidade brasileira do norte do estado de Tocantins, descobre com sucesso a cura HIV / AIDS, com base em pesquisas de trabalho duro ao longo de 10 anos, no âmbito do Projeto Cientista e Dr. Antonio Rodrigues Paulo Gouveia, investigando as propriedades da planta tropical chamado Mutamba (Guazuma ulmifolia) para o atualmente mais de 100 casos documentados de pacientes inoculados com sucesso em laboratório, em todos os testes, e desde dezembro 2013 agora permanece apenas a distribuição e aplicação em todo o mundo para todos os pacientes infectados e respectivo financiamento um órgão mundial ou governo, que pode ser contactado com o líder do Projeto Mutamba, como eu lhe chamo. Farmacêutica Grande, OMS e da OPAS não ter contactado porque o cura é descoberta finalmente, mata o vírus, no prazo de oito meses após a aplicação da droga, e não é contínua no tempo, ao contrário de dividendos e receitas que podem ser obtidos através de (corrente convencional anti-retroviral) da ARV, que oferecem as empresas de lucro mais elevadas, até a morte do paciente, sem inoculante. A equipe do Dr. Antonio Rodrigues Paulo Gouveia pesquisa supostamente está disposta a fornecer o apoio e colaboração das nações ou governos diretamente ou agências e instituições científicas luta que exigem, se necessário, para inocular infectados.
MUTAMBA TITMAIN port
Cientista do Projeto Dr. Antonio Rodrigues Paulo Gouveia
Dr. Antonio Rodrigues Paulo Gouveia, Advanced Project Manager, exige várias nações progressistas do mundo e aqueles que desejam participar e instituições livres em várias nações, para que eles possam entrar em contato com você e fazer a produção em massa do composto, com sua equipe, para implementar a planta piloto de produção, o processo de fabricação é simples, natural e segura, diz eli.
Em todo o mundo existem mais de 40 milhões de pessoas infectadas, só em 2014, dados recentes mostram que só no Brasil, existem pelo menos 750.000 infectados e vai progressivamente aumentando, mesmo em grupos sem risco. Dr. Antonio Rodrigues Paulo Gouveia informou, não é um trabalho para apenas uma pessoa, mas uma equipa organizada e científica, que trabalham com regras e diretrizes, e agora está pronto para trabalhar para o doente e para o planeta e insiste que é o trabalho de todos para derrotar o vírus. A cura está agora disponível para distribuição imediata aos afetados globalmente, de agosto de 2014, através de uma agência responsável diz o cientista, não esperando indica doente e pode entrar em contato e publicado pela mídia. Governos e nações Informa pode entrar em contato através de seus ministérios e instituições para implementar Saúde Legal protocolo inoculação imediata e incluir em seus programas padrão do HIV.
O QUE É AIDS?
A SIDA é uma doença caracterizada por uma disfunção grave e progressiva do sistema imunitário infectados com o vírus da imunodeficiência humana individual (HIV). Sua evolução pode ser dividida em três fases: infecção aguda, semanas após a infecção inicial pode ocorrer com manifestações como febre, calafrios, sudorese, mialgia, dor de cabeça, dor de garganta, sintomas gastrintestinais, linfadenopatia generalizada, e erupção cutânea . A maioria das pessoas desenvolvem sintomas de auto-limitação desaparecem após algumas semanas. No entanto, a maior parte não são diagnosticados por causa da semelhança de outras doenças virais. Em seguida, o paciente entra em uma fase de infecção assintomática, duração variável de alguns anos. Doença sintomática da SIDA, que é a sua manifestação mais grave ocorre na medida em que o paciente irá apresentar perturbações significativas de imunidade com a ocorrência de febre prolongada, diarreia crónica, perda de peso significativa (mais do que 10% em peso acima do indivíduo), suores nocturnos, fadiga e linfadenopatia. Infecções oportunistas começam a surgir ou reaparecer, como tuberculose, pneumonia por Pneumocystis carinii, toxoplasmose cerebral, oroesofágica candidíase, meningite criptocócica e retinite por citomegalovírus, entre outros. Rara em indivíduos imunocompetentes, sarcoma e linfoma e certos tipos de tumores podem surgir a partir de sarcoma, caracterizado condição SIDA. A ocorrência de graves ou atípicas de doenças tropicais, como paracoccidioidomicose, leishmaniose e doença de Chagas formas têm sido observadas no Brasil.
aids2
O virus da Síndrome da Imunodeficiência Adquirida (AIDS)
A Síndrome da Imunodeficiência Adquirida (AIDS) ou “síndrome da imunodeficiência adquirida” (AIDS) começou a se espalhar entre a população a partir de 1980, fez com que milhões de pessoas infectadas, e milhões de mortes e do número de portadores do vírus está a aumentar de forma alarmante a cada ano, aumentando o seu número, incluindo os que estão fora dos grupos de risco ou de risco e isso é alarmante.
DIAGNÓSTICO AIDS
O laboratório para HIV-A, encontrando técnicas para quantificar anticorpos, antígenos, material genético por meio de técnicas de biologia molecular (carga viral) ou isolamento do vírus direta. Na prática, os testes que buscam anticorpos (sorologia) são os mais utilizados. O aparecimento de anticorpos detectáveis ​​por sorologia é um período médio de 6 a 12 semanas após a infecção inicial. Chamado de “período de janela” que o intervalo entre a infecção ea detecção de anticorpos por técnicas laboratoriais padrão. Durante este período, o teste sorológico pode ser jogado ou falsos negativos. Devido à importância de diagnóstico laboratorial, em especial, as consequências da “etiqueta” de um indivíduo como HIV positivo e têm uma maior segurança no controlo de sangue e seus derivados qualidade, recomenda-se que o teste detecção de reagentes de laboratório de uma possível primeira amostra foi repetido e confirmado como exigido pelas regras estabelecidas pelo Ministério da Saúde.
TRATAMENTO DA AIDS
A terapia anti-retroviral -A dirige a prevenção da replicação viral, com diferentes drogas que têm como alvo vários estágios do ciclo replicativo. Drogas anti-retrovirais actualmente disponíveis para o tratamento do HIV são vários inibidores da transcriptase reversa que actuam antes da incorporação do material genético do vírus dos inibidores da protease do cromossoma do hospedeiro e, em seguida, que actuam neste passo, e evitar formando viriões proteínas funcionais, isto é, o vírus infeccioso. O cocktail é uma combinação de dois fármacos (Chi et al., 2004).
Os inibidores de transcriptase reversa do vírus pode impedir a alterar o seu código genético no ADN-ARN, a operação necessária para multiplicar no interior das células (Costi et al, 2004).
Vários compostos naturais são utilizados nos estudos de inibição de transcriptase inversa retroviral do HIV, incluindo são taninos, compostos fenólicos, estes são caracterizados pela sua capacidade de combinar com proteínas ou outros polímeros, tais como polissacáridos (Buolamwini e Assefa 2002 ).
Desde o surgimento do vírus da Aids, a medicina tem buscado tratamentos que podem aumentar a expectativa de vida dos pacientes. O mais eficaz até agora, tem sido chamado de cocktail, que consiste em comprimidos pacientes precisam tomar diariamente para combater a doença, chamados de ARVs. Para alguns HIV-positivo, o tratamento é o martírio, porque eles sofrem com efeitos colaterais, como náuseas, diarreia, dores de estômago e dores de cabeça motivados pelo uso contínuo de medicamentos e os efeitos colaterais nocivos sobre seus corpos e prematuro envelhecimento do corpo. Mas estes só parar o vírus, mas não eliminá-lo do corpo.
SOBRE O DESCOBRIDOR DO CIENTIFICO E DA CURA
Apesar dos avanços, muitos pesquisadores em todo o mundo ainda estão tentando encontrar uma cura para a doença tornou-se uma epidemia mundial. Mas foi em Tocantins, o médico e cientista Dr. Paul Anthony Rodrigues Gouveia (Paulo Antonio Rodrigues Gouveia), que em entrevistas exclusivas vários jornais nacionais: o portal Norte, o Diário Oficial ou Progresso e Araguaia Notícias, ofereço o detalhes específicos de sua pesquisa e descoberta importante, com base em um projeto de pesquisa, estudando a cura, agora curto de pessoas com HIV.
Ele viveu por 40 anos em Araguaína, Brasil, Dr. Paulo Gouveia, ele trabalhou como técnico de laboratório no Hospital de Doenças Tropicais (HDT) e formou-se em medicina por quatro anos no Instituto Presidente Antonio Carlos Instituto Tocantinense (ITPAC) Araguaína . De acordo com um boletim oficial, trabalhando na área da saúde no Estado e Município e oferece cursos de formação e conferências, há dez anos realiza pesquisas científicas que podem mudar o curso da história da medicina na busca de uma cura AIDS, com resultados muito positivos. Ele descobriu que, por meio das propriedades de uma planta chamada Mutamba, nativa do norte da clínica pode curar esta doença.
Dr. Paulo Gouveia, não só estudou as propriedades da planta, mas também desenvolveu o projeto da cura, que é oficialmente patenteado no Brasil e da comunidade científica.
MUTAMBA
A Mutamba é uma planta tropical chamada nome científico, Guazuma ulmifolia, Família Malvaceae (Antigamente Stherculiaceae). Mutamba, é uma palavra tupi guarani que significa “fruta dura”, também chamado Guazuma, Mutambo, Araticum bravo, Head-to-negro, fruta ou Macaco Chico-magro.
Origem: Nascido em várias formações florestais da América Central e do Sul, aparecendo preferencialmente nas florestas do Brasil.
mutamba5
Guazuma ulmifolia, Família Malvaceae (Antigamente Stherculiaceae). Mutamba
JUSTIFICAÇÃO
A base teórica da pesquisa do Dr. Paulo Gouveia, o trabalho de seu avô, também cientista Dr. Francisco Cabral de Melo, especialista farmacêutico, formado na Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ), em 1946, baseia-se Faina – Goiás, juntamente com colaboradores, tratamentos de documentos em vários pacientes com febre amarela, usando tanino (acúmulo de carbono, hidrogênio e oxigênio) da planta popularmente conhecida como Pithecellobiun Mutamba ou, em testes de plantas típicas região norte, e com um prognóstico favorável, com vários pacientes já tiveram a cura em 100% dos casos, sem evidência de toxicidade em nenhum deles, sendo um produto natural.
O tanino substância contendo Mutamba da planta, através da parede celular e do citoplasma atingir o vírus HIV mesmo em lugares distantes como lingonodos.
INICIO DO PROJETO E TESTEMUNHO
O cientista explica: projeto Mutamba começou há dez anos, minha mãe sempre falava sobre meu avô Francisco Cabral de Melo, farmacêutico, meu avô estava em tratamento em 1946 pacientes com febre amarela, com uma taxa de cura de cem por cento. Mais tarde, um médico, comecei a pesquisar e encontrei o Guazulma ulmifolia mais conhecido como (Mutamba). O cientista, então, realizada uma pesquisa e começou a apresentar o projeto em 23 de outubro de 2010, apresentou o projeto em Porto Alegre em Pastoral Aids, pouco depois, conseguiu um contato laboratórios Kyolab, com os quais foram realizados e outras evidências de inibição foram de 30 por cento, os testes foram feitos pelo Dr. Amilcar Tanure, um dos melhores cientistas e pais de citologia, Dr. Amilcar Tanure realizada reteste, que foi de 100 por cento do inibição sem citotoxicidade, agora, após quatro anos de muitas lutas, nós estamos aqui para dar continuidade ao projeto funcional. Precisamos do apoio de toda a sociedade, para que este projecto avance que vai ajudar as pessoas, não só no Brasil, mas em todo o mundo, para superar esta doença.
DESCRIÇÃO DO PROJETO
Os seus estudos demonstraram que a casca e entrecasca Pithecellobiun conhecido como (Mutamba) são ricas em componentes com propriedades farmacológicas. Este apresenta alcalóides triterpeno e uma quantidade significativa de tanino (Costi et al. 2004).
As propriedades de taninos são ligados à sua capacidade para formar complexos de proteínas envolvidas na protecção de tecidos, em comparação com o ataque microbiológico. Ele também dá as propriedades gustativas agrupadas sob o termo adstringência, tem anti-radicais livres e pode consumir a energia do oxigênio dissolvido, ou seja, têm propriedades farmacológicas interessantes e função antioxidante também mostram atividade potente contra a replicação do HIV (Cocuzza, 2001).
ESTUDO GERAL
Para identificar a eficácia do substrato planta Pithecellobiun (Mutamba) como um inibidor da transcriptase inversa na replicação viral (a polimerização de moléculas de DNA a partir de moléculas de RNA enzima, muitas vezes o oposto do que acontece em células) do HIV, com redução do risco de toxicidade.
ESTUDO ESPECIFICO
  • identificar o peso molecular de tanino, que tem uma acção inibidora da transcriptase inversa retroviral do HIV, com um menor risco de toxicidade.
  • Promover a redução da carga viral, preservando a função do sistema imunitário.
  • Retardar a progressão da doença, modificando a história natural do HIV.
JUSTIFICATIVA DO ESTUDO
Embora o início da terapia, diminui a partículas virais indetectáveis​​, o vírus persiste nos vasos no corpo, tais como linfócitos T adormecido. A aparência e a taxa de desenvolvimento de resistência a várias combinações de drogas disponíveis no mercado o stress é também um factor limitador. No entanto, um fator que torna ainda mais difícil para a terapia anti-HIV é a alta incidência de efeitos colaterais causados ​​por medicamentos disponíveis hoje. Estudos realizados por Ligani Jr. e seus colegas mostraram que esta é a principal causa de falhas na adesão à terapia anti-retroviral (20,5%), que é caracterizada principalmente por vômitos, diarreia, náuseas e dor abdominal, bem como dor cabeça e até mesmo mudanças na cor da pele.
O uso de plantas medicinais é o resultado do acúmulo secular de dados empíricos sobre o estoque de conhecimento sobre as plantas de diferentes grupos étnicos. Eles são relevantes para a padronização da produção e comercialização de técnicas de ervas questões importantes, no entanto (De Clercq, 2000).
As ervas encontrados em quantidades relativamente elevadas de compostos fenólicos. O seu papel é essencial para proteger os tecidos contra o ataque de insetos, fungos ou bactérias. É considerado um sistema de defesa passiva relativamente eficiente. As plantas também podem produzir grandes quantidades de fenóis de uma alteração na superfície das células vivas: protecção está activa. O melhor exemplo é dado pela picada de insetos nas folhas que são a fonte de galhas.
Durante dez anos árvore Mutamba foi observado e percebi que em algum momento no ano, teve uma forte presença de galhas, seca atingindo quase 70% comprometimento da árvore e, a cada dia que passa a planta estava se recuperando, mostrando resistência à praga que anteriormente alcançado.
Em 1946, Faina – GO, testes especialista Francisco Cabral de Melo, Farmacêutica UFRJ, e colegas conduziram, não documentadas em pacientes com febre amarela, usando Mutamba tanino, que tem um baixo peso molecular, com um prognóstico favorável e cura ele foi bem sucedido em 100% dos casos, sem evidência de toxicidade em qualquer um deles, uma vez que é um composto natural.
Moléculas de taninos foram testados com a intenção de encontrar uma droga eficaz contra o HIV. Kilkuskie e colegas observaram galotaninos pesquisa mostrou atividade inibitória apenas em concentrações tóxicas, elagitaninos e taninos condensados ​​inibir a replicação viral e os taninos complexos mostraram potente atividade contra a replicação do HIV. Eles concluíram que a actividade anti-HIV por taninos exibida é devido à inibição da transcriptase inversa, impedindo assim a replicação viral.
Isso justifica a alta relevância da pesquisa com uma menor taninos peso molecular e menor toxicidade.
ESTUDO DOCUMENTADO DE CASO CIENTÍFICO PARA EXEMPLO
DBDS extrato paciente, de 47 anos, do sexo masculino, HIV estado +/- há 10 anos, ela começou o tratamento com Pithecellobiun (Mutamba), em 22 de janeiro de 2011, usado por 30 dias e realizou os seguintes exames :
Hemograma completo (03/02/11)
HT: 46,0%
Hm: 5,04
Hb: 16.10
Plaquetas: 126.000
Leucócitos: 3000
Objetivo: 62
Total de Linfócitos: 34
Em linfócitos: 1020
B: 3
Hemograma completo (25-08-11)
Ht: 39%
Hm: 4.3
Hb: 13
Plaquetas: 144.000
Leucócitos: 4200
Meta: 46
Total de Linfócitos: 44
Relacionados: 1848
PCR PCR quantitativo (22/09/2011) – Laboratório Alvaro. Método RT – PCR (abade verdadeiro HIV Equipe I)
Resultado: não detectado
Referência: não detectado
O tratamento com o tanino extraído Pithecellobiun na inibição da transcriptase reversa do HIV de PCR para zero. O hemograma completo foi feito no final de oito meses e foi normal.
RESULTADOS
Diante dos resultados, o Dr. Gouveia, tem vindo a testar as moléculas de taninos Mutamba, com a intenção de encontrar uma droga eficaz contra o HIV desde que de acordo com a pesquisa, o vírus da febre amarela e HIV são iguais em termos de estrutura. Em entrevista, o médico especialista, explica o tratamento dirigido a duas pessoas com HIV. Oito meses após a conclusão do seu tratamento, e os testes de PCR específicos, como exames de sangue que detectam a carga viral foram negativos em relação ao diagnóstico da evolução da doença. Isto significa que os vírus se replicar, eles pararam em sua multiplicação no corpo dos pacientes, “Eles se viraram para zerar a carga viral, e restaurado em 15 kg ou 10 kg de peso corporal, a eficácia do tratamento está praticamente comprovado” diz o cientista e médico, explicando que agora os cientistas e revisões técnicas Biópcia é comprovada a eficácia do produto e 100%. Dr. Gouveia também explica que, porque é um remédio natural, não tem contra-indicações e não há continuidade impedimento ético-moral e massa pode ser aplicada na população infectada. O tratamento é apenas para pessoas que foram identificadas com o vírus HIV.
TRATAMENTO EFICAZ SOBRE O PROTOCOLO PARA HIV
Gestão do Tempo:
Gestão do Tempo:
O tratamento para pacientes com HIV, dura apenas 30 dias.
Ingredientes básicos de cura natural:
Como a droga ainda não é quimicamente tratada, o médico dá a simples receita de como preparar o remédio na mão para consumo:
– Cinqüenta folhas de os topos das árvores maduras
– 2 litros de água
preparação:
As folhas devem ser misturados com 200 ml de água pura e moído num misturador.
Após este procedimento, adicionar 1800 ml de água remanescentes. O paciente deve tomar a medida de um liquidificador 200 ml, 2 vezes ao dia, a cada 12 horas. Este deve ser administrada todos os dias, durante trinta dias consecutivos.
COMENTÁRIOS
O médico ressaltou que o tratamento eficaz apresentada pode depender da região em que a planta é Mutamba. Neste caso, sua eficácia tem sido comprovada em plantas que originaram no clima e altitude dos estados de Goiás e Tocantins. “Você não pode fazer todas as plantas de outras regiões”, adverte.
PROTOCOLO DE TRATAMENTO DE HIV AIDS
O protocolo completo para o tratamento do vírus HIV, está amplamente descrita na seguinte relação:
PESQUISA DE PROPIEDADE
A descoberta foi patenteada e 19 outubro de 2010, a pesquisa Dr. Gouveia, segundo ele, já está liberado pelo Instituto Nacional de Patentes, chamou a atenção para as doenças infecciosas ou especialistas em doenças infecciosas de várias partes do Brasil e o mundo, visando realizar o tratamento de pacientes HIV-positivos. Em colaboração com especialistas em doenças infecciosas e realizar o tratamento de uma centena de pacientes Araguaína.
PRÓXIMO PASSO
No final da entrevista, o Dr. Gouveia informa que o pedido enviado pelo Centro de Investigação ITPAC através do coordenador do curso de Medicina, Dr. Elvio Machado, a fim de continuar os estudos no comando do Instituto, “A aplicação foi bem recebido pelo coordenador.
TESTE
Nós teste e reteste em vitrio com 100% de inibição, sem citotoxicidade, e seguiu os pacientes inoculados, todos com sucesso.
As pessoas infectadas com o HIV, que usaram o extrato Guazulma ulmifolia (Mutamba) foram tratados em grande número, atualmente tem mais de uma centena de pessoas compareceram a zero a carga viral e CD4 padronizado, com documentação completa do processo bem sucedido.
APOIO DO GOVERNO E EMPRESAS E NECESSARIO
E, atualmente, projeto eficaz e comprovada ainda não tem o apoio do governo federal ou de instituição médica. Atualmente, o projeto de pesquisa tenha sido pago por fundos e recursos.
Apoio para que se deseja é necessário inocular tantos doentes e ajudar as pessoas em todo o mundo. O apoio do governo de governos em todo o mundo, em cada país para eliminar completamente o vírus vai precisar.
Por isso, o apoio de todos os governos e as organizações sociais, instituições que vivem é necessária para ajudar a impedir que o vírus HIV e AIDS Project trazer Mutamba atingir os objetivos iniciais de cura para o grande número de pessoas infectadas e que sofrem de este mal.
LISTA DE VIDEOS
https://www.youtube.com/watch?v=cCnPgaMYEr0&list=PLOyK5NwgRB1Xbtkg8oryIdU8SXQ6-kIP4
CONTATO DIRECTOR DO PROJETO MUTAMBA CONTRA HIV
Médico e Científico- CRM-2107-TO Project Manager
Dr. Paulo Antônio Rodrigues Gouveia
Brasil, residente na Rua, número 236, Setor Couto, Araguaina
CONTATO E CORREIOS PARA OS GOVERNOS E INSTITUICOES CIENTIFICAS:
E-mails:
Primário: paulogouveia.gouveia@bol.com.br (Projeto Global CHEFE).
Secundário: paulogouveia.gouveia@gmail.com
Call Center – CENIC MUTAMBA: cenic-mutamba@gmx.com
telefone:
Centro de Pesquisa: +55633414 0719
Chefe Global de telefone móvel do projecto: +5563 9263 2664
LIBERAÇÃO DE DESCOBRIMENTO NOS MEIOS
Ver relatos generalizados de descoberta:


<iframe width="614" height="376" src="https://www.youtube.com/embed/XNq-DZeCdFg" frameborder="0" allowfullscreen></iframe>
 
 
<iframe width="614" height="376" src="https://www.youtube.com/embed/ELDtRIpW5-o" frameborder="0" allowfullscreen></iframe>
 
 
<iframe width="614" height="376" src="https://www.youtube.com/embed/ol-B5ykpxtg" frameborder="0" allowfullscreen></iframe>
! ajude com uma doaçao dados para deposito banco do brasil agencia 06432 conta 263508

sábado, 6 de fevereiro de 2016

CONFREI consolidação de fraturas ósseas, dores lombares



 (MARIA TEREZA CORREIA/EM/D.A PRESS - 7/6/13)
CONFREI
» Outros nomes: consólida, consólida-maior, orelha-de-burro, capim-roxo-da-rússia, erva-de-cardeal
» Partes usadas: raízes e folhas
» Formas farmacêuticas: infuso, decocto, pó, pomada, creme, sumo, salada e cataplasma
» Indicação: consolidação de fraturas ósseas, dores lombares, câncer, frieira, úlceras, hepatite, erisipela, hipertensão arterial, doenças do fígado e do estômago, azia e doenças de pele.
» Preparo: usar meia folha de 20 centímetros de comprimento em um copo com água ou suco de laranja. Bater no liquidificador e coar. Tomar durante, no máximo, 10 dias.
» Interações medicamentosas e associações: pode ser combinada com a alteia para aplicação externa em cremes. Evitar combinação com outras drogas que possam danificar o fígado.
! ajude com uma doaçao dados para deposito banco do brasil agencia 06432 conta 263508

--------------------------------------
 
komprei
"Nama lain: Mengkonsolidasi, comfrey, telinga-to-ass, rumput-ungu-of-rusia, ramuan-of-Cardinal
»Bagian yang digunakan: akar dan daun
Bentuk »Dosis: infus, rebusan, bubuk, salep, krim, jus, salad dan tapal
»Catatan: konsolidasi patah tulang, nyeri punggung, kanker, kaligata, bisul, hepatitis, erysipelas, hipertensi, penyakit hati dan perut, mulas dan penyakit kulit.
»Persiapan: menggunakan setengah 20 cm panjang daun dalam segelas air atau jus jeruk. Blend dan ketegangan. Mengambil untuk paling banyak 10 hari.
"Interaksi obat dan asosiasi: dapat dikombinasikan dengan marshmallow untuk aplikasi eksternal dalam krim. Hindari kombinasi dengan obat lain yang dapat merusak hati.

Tratamentos naturais restituir o ph normal da flora vaginal


Tratamentos naturais

 

A infecção vaginal pode ser tratada com muita eficiência através de tratamentos naturais. Veja algumas receitas muito simples que poderão restituir o ph normal da flora vaginal e controlar o crescimento desordenado das bactérias anaeróbias que causam a infecção:
Remédio caseiro| Imagem: Reprodução
+ IOGURTE NATURAL
Pode ser ingerido e também aplicado diretamente na vagina através de um tampão (absorvente interno) embebido no iogurte. Este é um dos métodos mais utilizados e bem-sucedidos no controle desse problema.


+ ALHO
É um antibiótico e antifúngico natural, por isso, se comermos dois dentes de alho ao dia, estaremos protegidos de diversos tipos de infecções.

+ AROEIRA
Muito usada em casos de leucorreia, a planta é muito eficaz no tratamento dessa infecção.
Ferva 1g de casca de aroeira em 1 litro de água por dez minutos. Deixar amornar ou esfriar e fazer banhos de assento várias vezes ao dia.

+ BARBATIMÃO
Esta também é uma árvore de cujas cascas se faz ótimo remédio para tratar este problema!
Ferva 2 litros de água com 2 xícaras de cascas de barbatimão por 15 minutos e deixe

 esfriar um pouco. Coe e acrescente uma colher de sopa de suco de limão ou vinagre, como preferir. Fazer lavagens ou banhos de assento com esse preparo sempre que achar necessário.


 -----------------------------------------------------
 natural treatmentsThe vaginal infection can be treated very efficiently through natural treatments. Here are some very simple recipes that can restore normal pH of the vaginal flora and control the disorderly growth of anaerobic bacteria causing the infection:home remedy | Picture: Playback+ NATURAL YOGURTIt may also be ingested and applied directly into the vagina through a buffer (tampon) soaked in yoghurt. This is one of the methods used and successful in controlling this problem.



+ GARLICIt is a natural antibiotic and antifungal therefore to eat two cloves of garlic per day, we will be protected against many types of infections.

+ AROEIRAVery used in cases of leukorrhea, the plant is very effective in treating this infection.Boil 1 g of pepper tree bark in 1 liter of water for ten minutes. Allow to warm or cool and sitz baths several times a day.

+ BARBATIMÃOThis is also a tree whose bark is made great remedy to treat this problem!Boil 2 liters of water with 2 cups barbatimão shells for 15 minutes and let



 
cool slightly. Strain and add a tablespoon of lemon juice or vinegar, as you prefer. Make washes or sitz baths with this preparation when necessary.







! ajude com uma doaçao dados para deposito banco do brasil agencia 06432 conta 263508

Remédios naturais contra o corrimento vaginal

O corrimento vaginal
bicarbonato de sodio


faz parte da fisiologia normal da vagina, sendo que o corpo para se manter saudável e funcionar adequadamente, deve estar sempre bem lubrificado.
Embora a quantidade de corrimento vaginal possa variar de mulher para mulher, especialmente de acordo com a fase do ciclo menstrual, nalgumas situações, pode ocorrer um corrimento vaginal anormal.
Ser capaz de distinguir o corrimento vaginal normal do anormal é muito importante, uma vez que este pode ser frequentemente um sinal de infecção vaginal.


Corrimento vaginal anormal

Os sintomas que sugerem estar na presença de um corrimento vaginal anormal são uma maior abundância, o corrimento ser mais denso que o normal, libertar mau cheiro, ser espesso, branco “tipo queijo”, acinzentado, esverdeado, amarelado, com sangue, comichão, vermelhidão, ardor, dor, úlceras ou feridas na região genital, dor abdominal e desconforto durante as relações sexuais.
Tipo de corrimento Possíveis causas e Tratamento
Corrimento ligeiro, castanho e com sangue Pode ocorrer durante a ovulação e nas primeiras fases da gravidez. Se experienciar estas perdas e tiver tido relações sexuais desprotegidas, deve fazer um teste de gravidez.
Líquido, com odor e abundante sem dor ou ardor Vaginose bacteriana
  • Dalacin
  • Metronidazol
Branco e denso, com textura de “queijo”, sem cheiro e acompanhado de comichão e dor Candidíase Vaginal
  • Gyno-Pevaryl
  • Diflucan
  • Daktarin
Ocasionalmente ocorre dor durante as relações sexuais e ao urinar
Cinza-amarelado, sem dor ou ardor Clamídia
  • Azitromicina
  • Doxiciclina
Amarelo com mau-cheiro, espumoso e muitas vezes abundante, associado a comichão e dor vaginal Tricomoníase
  • Metronidazol
Dor durante as micções e relações sexuais, dor abdominal
Semelhante a pus, com mau cheiro Gonorreia
  • Pack Gonorreia
Corrimento com mau odor e sangue Presença de um corpo estranho na vagina, como por exemplo um tampão
Corrimento muito abundante acompanhado de sangue intermenstrual Possível presença de pólipos cervicais ou ectopias

Corrimento vaginal normal

O corrimento vaginal normal é branco, transparente, viscoso, sem cheiro ou com cheiro não desagradável e não está associado a comichão ou irritação. O corrimento vaginal pode desempenhar um papel preponderante no mecanismo de defesa do sistema genital feminino, livrando-se das células mortas e das bactérias e permitindo que o ecossistema microbiano e o pH vaginal permaneçam adequados. Este facto impede a propagação de infecções e assegura a saúde vaginal.
A quantidade e consistência do corrimento vaginal variam de mulher para mulher e de acordo com as fases do ciclo menstrual feminino. O corrimento vaginal normalmente aumenta durante a gravidez e é mais abundante em mulheres que usam a pílula contraceptiva.
Tipo de corrimento Possíveis causas
Liquido e pegajoso Indica a ovulação
Transparente e aquoso Normal em várias fases do ciclo menstrual, pode ser mais abundante após o exercício físico
Branco e denso, sem comichão Normal após a menstruação
Castanho Após a menstruação, é a limpeza final da vagina
Corrimento mais abundante que o habitual Normal durante a gravidez ou quando se tomam contraceptivos hormonais

O que fazer?

Para qualquer problema vaginal, a primeira coisa a fazer é evitar o uso de substâncias que possam piorar a irritação, tais como o gel de banho, os perfumes e outros produtos de limpeza fortes. Durante a menstruação deve mudar frequentemente o penso absorvente (pelo menos 2-3 vezes ao dia) e não usar absorventes internos como os tampões se não estiver com a menstruação.
Fale com o seu parceiro sobre o assunto: pergunte-lhe se tem sofrido algum corrimento pela uretra (orifício na ponta do pénis) ou irritação no pénis. Não faça sexo até que o problema esteja resolvido.


Ingredientes

  • 30 g de folhas de goiabeira;
  • 1 litro de água.

Modo de preparo

Ferva a água e desligue o fogo. Acrescente, então, a erva e abafe durante 3 a 5 minutos. Depois, coe e faça um banho de assento com esse chá, lavando cuidadosamente toda a região genital. Repita o procedimento de 2 a 3 vezes ao dia.
Segundo um estudo científico o banho de assento para corrimento feito com as folhas de goiabeira é eficaz no tratamento do corrimento causado por Tricomoníase e Candidíase. Além disso, o remédio caseiro é seguro e não causa efeitos colaterais, nem possui contraindicações.

Tratamento caseiro para corrimento

Além do uso do banho de assento, a alimentação pode ajudar no tratamento do corrimento. Deve-se investir em uma alimentação natural, à base de frutas, legumes e verduras, evitando ao máximo o consumo de alimentos industrializados. Os alimentos mais indicados para complementar o tratamento caseiro do corrimento são:
  • Iogurte natural;
  • Chicória;
  • Couve;
  • Limão;
  • Melão;
  • Romã.
Esse tipo de alimentação altera o pH sanguíneo e da região íntima feminina, facilitando o reequilíbrio da flora bacteriana da região. Porém, se o corrimento persistir por mais de 3 dias, mesmo com os tratamentos caseiros, recomenda-se uma consulta médica.

Remédios caseiros para o corrimento vaginal

Remédios naturais contra o corrimento vaginal

O corrimento vaginal excessivo, com odor ou coloração incomum, pode ser um indício de uma infecção ou de que algo não está funcionando corretamente. Por isso mesmo, nada melhor do que recorrer a estes remédios caseiros para que você possa combater o problema.
O corrimento vaginal excessivo, uma coloração incomum dele e até mesmo alguns odores estranhos podem ser sinais que enviam uma mensagem clara: existe uma infecção e é preciso combatê-la. Veja como você pode usar estes remédios naturais para que tudo volte à normalidade.

Um dos mais comuns desinfetantes e anti-sépticos é o alho. Este vegetal tem um poder incomparável para combater as bactérias e infecções. Por isso mesmo, você pode preparar uma infusão com ele e com hortelã (outra planta boa para esses fins) e tomar banhos nessa área para resolver o problema do corrimento vaginal. Não se esqueça de adicionar uma boa dose de alho na sua dieta habitual, também.

Uma das melhores maneiras de restaurar a flora vaginal é consumindo iogurte que contenha lactobacilos
, já que muitas vezes as infecções são causadas por uma substituição da flora original.

Os arandos costumam ser magníficos para combater qualquer tipo de infecção relacionada com o trato urinário. Por isso mesmo, beber o sumo pode ser muito bom para resolver este tripo de problemas. De qualquer modo, não deixe de ler nosso artigo sobre remédios caseiros para infecções em busca de mais respostas.
==================================== partie de la physiologie normale du vagin, et le corps reste en bonne santé et fonctionner correctement, il doit toujours être lubrifié. Bien que le montant des pertes vaginales peut varier d'une femme à, notamment en fonction de la phase du cycle menstruel, dans certaines situations, il peut y avoir un écoulement vaginal anormal. Être capable de faire la distinction normale de pertes vaginales anormales est très important, car cela peut souvent être un signe d'infection vaginale. des pertes vaginales anormales Les symptômes qui suggèrent d'être en présence d'un écoulement vaginal anormal est plus grande abondance, la décharge est plus dense que la normale, sans odeur, être épais, blanc "fromage de type", grisâtre, verdâtre, jaunâtre, sanglant, des démangeaisons, rougeurs, des brûlures, des douleurs, des ulcères ou des plaies dans la région génitale, des douleurs abdominales et l'inconfort lors des rapports sexuels. Type de décharge Causes et traitement possible Décharge clair, brun et le sang peut se produire pendant l'ovulation et dans les premiers stades de la grossesse. Si vous rencontrez ces pertes et que vous avez eu des rapports sexuels non protégés, vous devez prendre un test de grossesse. Liquide à l'odeur et abondante sans douleur ou de brûlure vaginose bactérienne Dalacin métronidazole Blanc et dense, avec une texture de «fromage», inodore et accompagné par des démangeaisons et des douleurs candidose vaginale Gyno-Pevaryl Diflucan Daktarin se produit occasionnellement douleurs pendant les rapports et la miction Gris-vert, sans douleur ou de brûlure Chlamydia azithromycine doxycycline Jaune avec nauséabondes, mousseuse et souvent abondante, associée à des démangeaisons et des douleurs vaginales trichomonase métronidazole Douleur pendant la miction et les rapports sexuels, des douleurs abdominales Comme du pus, gonorrhée malodorante Pack de gonorrhée les pertes vaginales malodorantes et la présence dans le sang d'un corps étranger dans le vagin, tel qu'un tampon décharge très abondante accompagnée par le sang intermenstruels présence éventuelle de polypes du col utérin ou extra-utérine pertes vaginales normales La décharge vaginale normale est blanc, transparent, visqueux, inodore ou pas d'odeur désagréable et est pas associée à des démangeaisons ou des irritations. Les pertes vaginales peuvent jouer un rôle important dans le mécanisme de défense du système des organes génitaux féminins, de se débarrasser des cellules mortes et les bactéries et permettant l'écosystème microbien et le pH vaginal reste suffisante. Cela empêche la propagation des infections et assure la santé vaginale. La quantité et la cohérence des pertes vaginales varient d'une femme à et en conformité avec les phases du cycle menstruel de la femme. écoulement vaginal augmente généralement pendant la grossesse et est plus abondante chez les femmes qui utilisent la pilule contraceptive. Type des causes de rejet possible Liquide et collante indique l'ovulation Effacer, aqueuse normale à différents stades du cycle menstruel peut être plus abondante après l'exercice Blanc et dense, sans démangeaisons normale après la menstruation Brown après la menstruation est le nettoyage final du vagin plus écoulement abondant que Normal habitude pendant la grossesse ou lors de la prise de contraceptifs hormonaux Que faire? Pour tout problème vaginale, la première chose à faire est d'éviter l'utilisation de substances qui peuvent aggraver l'irritation, comme des gels douche, des parfums et autres produits de nettoyage abrasifs. Pendant les menstruations doivent fréquemment changer le pansement absorbant (au moins 2-3 fois par jour) et ne pas utiliser des tampons que des casquettes, sinon à la menstruation. Parlez-en à votre partenaire à ce sujet: lui demander si elle a subi un écoulement de l'urètre (l'ouverture à l'extrémité du pénis) ou une irritation du pénis. Ne pas avoir des relations sexuelles jusqu'à ce que le problème soit résolu. ingrédients 30 g de feuilles de goyave; 1 litre d'eau. préparation Faire bouillir l'eau et retirer du feu. Ajouter ensuite la mauvaise herbe et muets pendant 3 à 5 minutes. Puis filtrer et faire un bain de siège avec cette douche, chasse d'eau toute la région génitale. Répéter la procédure 2 à 3 fois par jour. Selon une étude scientifique le bain de siège à une décharge faite avec des feuilles de goyave est efficace dans le traitement de la trichomonase provoquée par une décharge, et la candidose. En outre, la médecine traditionnelle est sûr et ne provoque pas d'effets secondaires ou des contre-indications. traitement à domicile pour l'évacuation Dans l'utilisation du bain de siège, la puissance peut aider dans le traitement du nez. Devrait investir dans des aliments naturels, de fruits et légumes, afin d'éviter la consommation d'aliments transformés. Alimentaire le mieux adapté pour compléter le traitement à domicile de la décharge sont: yogourt; chicorée; le chou; citron; melon; Grenade. Ce type de nourriture modifie le pH du sang et de la région intime féminine, faciliter le rééquilibrage de la flore bactérienne. Cependant, si le rejet persiste pendant plus de 3 jours, même avec des traitements à domicile, il est recommandé de consulter un médecin. remèdes maison pour les pertes vaginales remèdes naturels pour les pertes vaginales des pertes vaginales excessives avec une odeur ou une couleur inhabituelle, peut être une indication d'une infection ou que quelque chose ne fonctionne pas correctement. Par conséquent, rien de mieux que de recourir à ces remèdes maison pour vous de lutter contre le problème. des pertes vaginales excessives, une couleur inhabituelle et même des odeurs étranges peut être des signes qui envoient un message clair: il y a une infection, et nous devons le combattre. Voici comment vous pouvez utiliser ces remèdes naturels pour que tout revienne à la normale. Un des désinfectants et antiseptiques plus courantes est l'ail. Ce légume a un pouvoir unique pour combattre les bactéries et les infections. Par conséquent, vous pouvez préparer une infusion avec lui et de menthe (un autre bon plan à ces fins) et de prendre des bains dans ce domaine pour résoudre le problème de l'écoulement vaginal. Ne pas oublier d'ajouter une bonne dose d'ail dans votre régime alimentaire normal, aussi. Une des meilleures façons de restaurer la flore vaginale est de consommer du yogourt contenant Lactobacillus, depuis de nombreuses fois les infections sont causées par un remplacement de la flore originelle. Les canneberges sont souvent magnifique pour lutter contre tout type d'infection liés à l'appareil urinaire. Par conséquent, boire le jus peut être très bon pour résoudre ce TRIPO problèmes. Quoi qu'il en soit, nous vous invitons à lire notre article sur les remèdes maison pour les infections à la recherche de plus de réponses.

sexta-feira, 5 de fevereiro de 2016

Proteja-se no sexo durante Carnaval para evitar o zika


Proteja-se no sexo durante Carnaval para evitar o zika

Uso de preservativo é um aliado na batalha contra o vírus

! ajude com uma doaçao dados para deposito banco do brasil agencia 06432 conta 263508

 Com a confirmação de que o zika pode ser transmitido também por meio de relação sexual, as autoridades brasileiras estão reforçando o alerta quanto ao uso de preservativos no Carnaval. O blog Saúde Sem Neura pondera que uso da camisinha é essencial para proteger o casal, principalmente mulheres grávidas. Embora ainda não haja a confirmação científica, o aumento dos casos de bebês com microcefalia tem uma provável relação com a contaminação do zika.

Fernando Gatti de Menezes explicou à publicação que a contaminação de mulheres que não estejam grávidsa não traz riscos a uma eventual gravidez futura. Ele também alerta sobre a questão da imunidade ao vírus por parte de quem já foi infectado.
"Se uma pessoa contrair a doença pelo vírus da linhagem africana, ficará imune a essa, mas existem dúvidas sobre a possibilidade de contrair novamente a doença ao ser acometido pelo vírus de linhagem asiática."

sexta-feira, 10 de julho de 2015

Dieta detox: mitos e verdades


As dietas desintoxicantes, conhecidas popularmente como “detox”, popularizaram-se com a promessa de aumentar a vitalidade, a imunidade, melhorar a digestão e até o estado de espírito. Esses planos alimentares baseiam-se na exclusão de alimentos processados e álcool e na baixa ingestão de calorias, por meio de pequenas quantidades de frutas, legumes, água e de suplementos que aceleram a eliminação de substâncias pelo corpo.

Não é fórmula mágica

Alguns nutricionistas ainda recomendam ervas e pílulas para estimular o funcionamento do intestino. Nosso corpo, no entanto, possui a habilidade de eliminar naturalmente substâncias prejudiciais e manter-se equilibrado. Seria mesmo necessário seguir uma dieta para desintoxicá-lo?
Celebrizada por artistas de Hollywood, a dieta ficou famosa em todo o mundo. A perda de peso rápida proporcionada pela dieta detox vem do baixo consumo de calorias por dia – não se trata de nenhuma fórmula mágica. Ao reduzir radicalmente a ingestão de calorias, você perde peso, no entanto, podem ocorrer problemas como a desaceleração do metabolismo, afirmam estudos da Universidade de Harvard1,5.

Evidências

Não há provas no âmbito científico de que a dieta traga benefícios além de uma perda de peso rápida e temporária. Diante de tantos questionamentos, a emissora BBC decidiu averiguar a real validade do plano detox e convidou um grupo de mulheres para participar de uma pesquisa.
A emissora as dividiu em duas turmas: a primeira metade seguiu uma dieta detox e a outra seguiu um plano de alimentação considerado normal pelos pesquisadores, que incluía carne vermelha, café, massas, chocolate e bebidas alcoólicas. Ao final do estudo, foram testadas as funções renal e hepática e foi medido o nível de antioxidantes das participantes. Nenhuma diferença foi notada entre os grupos2, reiterando os dados científicos.

Perda de peso temporária

Quando seguimos uma dieta que recomenda uma taxa diária muito baixa de calorias, nosso corpo entra em um estado de “conservação”. Nesse estado, a queima de calorias ocorre de forma mais lenta e isso pode facilitar o ganho de peso quando retornamos ao plano de alimentação usual, explica um artigo publicado pela Universidade de Harvard, dos Estados Unidos1. Segundo o Serviço Nacional de Saúde britânico, banir certos grupos de comidas pode restringir a absorção de importantes vitaminas e nutrientes que o corpo precisa para funcionar adequadamente3.
Os riscos da dieta detox são os mesmos relacionados a qualquer dieta radical que se baseie em um consumo muito baixo de calorias e nutrientes. Falta de proteína, ácidos graxos e outros nutrientes são consequências das restrições impostas, sendo os carboidratos a principal fonte de calorias do plano nutricional, que gira em torno do consumo de 600 calorias por dia. Menos disposição, baixa taxa de açúcar no sangue, perda de músculos, redução da imunidade, tontura e cansaço são alguns efeitos colaterais que essas dietas podem trazer4.

Riscos

Os riscos podem ser maiores ou menores dependendo do tempo da dieta. Um ou dois dias seguindo uma dieta, mesmo que radical, pode não ser prejudicial para a maioria dos adultos. Além disso, o estímulo à ingestão de alimentos altamente laxativos pode levar a desidratação e destruir os microrganismos que desempenham funções digestivas. Caso o tempo da dieta seja muito longo, problemas maiores podem vir junto com a perda de peso, como o desenvolvimento de acidose metabólica.
A acidose metabólica é um desequilíbrio entre os elementos básicos e ácidos do organismo, o que pode resultar a acidificação do sangue, levando a um estado de coma ou até a morte. Outra doença séria que pode ser causada por uma restrição alimentar severa é a amenorreia. Ela é a suspensão ou a ausência de menstruação em mulheres em período fértil ou adolescentes na puberdade.

Contraindicações

Mulheres grávidas ou na menopausa, crianças, adolescentes na fase da puberdade, diabéticos, pessoas que possuem propensão a hemorragias, sofrem com anemia e doenças crônicas, entre outros devem evitar dietas radicais. Antes de seguir um novo plano alimentar é recomendado consultar um nutricionista e adequar a nova dieta às necessidades de seu metabolismo.
Se o que você procura em uma dieta desintoxicante é afastar-se de comidas industrializadas, uma boa alternativa seria a escolha de produtos orgânicos e maior ingestão de frutas, vegetais, fibras e grãos no dia a dia. Alimentos como limão, brócolis e folhas verdes podem ajudar no funcionamento do intestino. Se a intenção é perder peso, é recomendado seguir uma dieta que permita o consumo de, no mínimo, 1.500 calorias por dia, prevendo uma perda de peso mais lenta. Paralelamente à dieta, fazer exercícios físicos pode acelerar o emagrecimento.

Referências

1. HARVARD MEDICAL SCHOOL. Detox diets, procedures generally don’t promote health. Disponível em: <http://www.health.harvard.edu/press_releases/detox-diets-procedures-generally-dont-promote-health>. Acesso em: 27 ago. 2013.
2. BBC. Does detox work? Disponível em: <http://www.bbc.co.uk/sn/humanbody/truthaboutfood/young/detox.shtml>. Acesso em: 27 ago. 2013.
3. NHS. How to diet. Disponível em: <http://www.nhs.uk/Livewell/loseweight/Pages/how-to-diet.aspx>. Acesso em: 27 ago. 2013.
4. WEBMD. The truth about detox diets. Disponível em: <http://www.webmd.com/food-recipes/guide/detox-diets-purging-myths?page=2>. Acesso em: 27 ago. 2013.
5. HARVARD MEDICAL SCHOOL. Lose weight and keep it off. Disponível em: <http://www.health.harvard.edu/healthbeat/HEALTHbeat_072208.htm>. Acesso em: 27 ago. 2013.

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Postagens mais visitadas

Total de visualizações de página

Minha lista de blogs